Bloco do eu sozinho

Em quase todas as classes sociais e faixas etárias são comuns declarações de que não se gosta de política. Na prática, porém, a história é diferente. Fala-se de política o tempo todo e em todos os lugares. Estamos a pouco mais de um ano das eleições para presidente, governador, senador e deputados estaduais e federais. Aumenta as especulações em torno de nomes para a disputa. Com a crise institucional que vive o país, o cenário é incerto e fica difícil fazer qualquer previsão, pois tudo pode acontecer.

Nos bastidores também há movimentações em torno da longínqua eleição para prefeito e vereador, que só acontecerá em 2020. Todo dia surgem chapas e nomes. Há pessoas que, como não são lembradas, elas próprias se insinuam pra ver se cola.

É sabido que uma candidatura, a qualquer cargo, não nasce somente da vontade do postulante. É preciso um conjunto de coisas. Carece de combinações imprescindíveis e o alinhamento de um conjunto de fatores. Também tem um tempo preciso. Não é data. É tempo. Há de se fazer a leitura exata e identificar o momento certo. Nem antes, nem depois.

A candidatura tem que dizer algo. Chegar às pessoas e motivá-las. O que faz uma candidatura se avolumar é o seu programa. O seu discurso. Somente o nome do candidato é muito pouco. O que vinga é a ideia e o encaixe da proposta.

O enciclopédico Ulisses Guimarães, seguramente um dos personagens mais importantes da história política do Brasil, dizia que “tem que se ouvir a voz rouca das ruas”.

A autossugestão não funciona. Candidato de si mesmo não decola.

Nivaldo Santino é advogado

Último artigo publicado: A solidão do Chapolin Colorado

Fale com Nivaldo Santino através do facebook

Share

REI DO CANGAÇO VAI GRAVAR O 2º CD

Jornal Vanguarda de Caruaru destacou a informação

A banda bezerrense Forró Rei do Cangaço, é destaque essa semana do Jornal Vanguarda, a matéria trás a história desse grupo que no ano de 2017 fazem 17 anos de muito forró, depois de realizar dezoito apresentações no último mês de junho desse ano, a banda se prepara para gravar mais um cd, ele virá com composições de grandes cancioneiros Nordestinos, inclusive do poeta Walter Lins, conterrâneo nosso, “É sempre um prazer levar o nome de nossa cidade para todo Pernambuco e parte do Nordeste” disse o empresário da banda Andresson Francisco.

Share

IMET CURSOS: “Instituto Moura de Educação e Tecnologia”

Procurando Emprego? Em busca de recolocação Profissional?

O IMET CURSOS pode ajudar você! Diversas vagas de Emprego e Estágio em nossa página do Facebook – IMET CURSOS visite e curta agora.

NOSSOS CURSOS:

Assistente Administrativo e Financeiro; Operador de Caixa; Assistente de Recursos Humanos; Empreendedorismo para Crianças; Assistente de Almoxarife (Estoque) e Cuidador de Idosos.

CURSOS COM:

Inscrições GRÁTIS

Material didático GRÁTIS

Duração de Cinco (5) meses

Mensalidade de 40,00 Reais

Encaminhamento para o mercado de Trabalho e Certificado válido em todo Brasil.

“Aulas no Sábado ou no Domingo.

Você não tem mais desculpas para NÃO se profissionalizar e conquistar a tão sonhada vaga de emprego”.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO AGORA, no prédio do IMET: Localizado na frente do portão da quadra do colégio Radar. Aberto de segunda a sábado das 08h00min as 17h00min.

Informações pelo Whatsapp: 81 – 9.9400-5794 // 81 – 9.9400-5794

FAÇA IMET E ENTRE DE VEZ NO MERCADO DE TRABALHO

Share

AUMENTO DO IMPOSTO SOBRE COMBUSTÍVEIS MAIS UM PACOTE DE MALDADE

Na quinta-feira passada, o Governo Federal editou o Decreto nº 9.101, de 20.07.2017, aumentando ao máximo o limite das alíquotas de impostos incidentes sobre os combustíveis.

De acordo com a Receita Federal, as novas alíquotas de impostos sobre os combustíveis serão as seguintes:

Quadro: Novas alíquotas Ad rem (alíquotas específicas) PIS/Cofins – Combustíveis

Conforme se vê, o governo prevê uma receita adicional de 10,4 bilhões de reais até o final do ano, valor esse que será retirado à força dos bolsos de cada um dos brasileiros.

Segundo o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, o aumento se fez necessário para o equilíbrio das contas públicas. Será?

Conhecidamente, as contas públicas do Governo Federal (e também as dos Governos Estaduais e Municipais) estão deficitárias, porém a culpa não é dos brasileiros…

Infelizmente, no Brasil o povo paga uma das cargas tributárias mais altas do mundo e, em contrapartida, recebe um dos piores serviços públicos do mundo. Por quê?

A onde está, então, o dinheiro dos nossos impostos? A resposta não parece fácil, mas, como todo brasileiro é um bom “palpiteiro”, se pode fazer alguns prognósticos, a saber:

a) aparelhamento do Estado e inchaço da máquina pública: nos últimos anos foram criadas mais 40 empresas estatais, que hoje operam no vermelho e com grande prejuízo; tínhamos 26 ministérios e chegamos a ter 39 somente para agasalhar interesse político e base aliada, quando na Alemanha, que é a quarta maior economia do mundo, tinha apenas 16; elevação exacerbada do número de servidores públicos, cujo valor com a folha de pagamento mais que duplicou etc., etc.

b) privilégios exacerbados para algumas poucas castas do serviço público: segundo estudo da ONU, o Congresso Nacional é, dentre 110 países analisados, o segundo mais caro do mundo, ficando atrás apenas dos EUA; garçons do Senado Federal chagam a ganhar até R% 15 mil por mês; na Câmara de Vereadores de SP, manobristas chagam a ganhar até R$ 15 mil, engraxates até R$ 10 mil, copeira até R$ 13 mil e ascensorista até R$ 11 mil. O Poder Judiciário brasileiro é um dos mais caros do mundo, chegando a ser 10 vezes mais caro do que o dos EUA.

c) incompetência gerencial e desperdício de dinheiro público: o Brasil é administrado por políticos, e não por gestores, que, lamentavelmente, passam grande parte do seu tempo muito mais se defendendo de acusações de corrupção e de desvio de dinheiro público do que administrando; há ministros que passavam anos sem conseguir despachar com o Presidente da República para discutir e alinhar planejamentos e prioridades. Com isso, há aplicação de muito dinheiro em obras eleitoreiras e não necessárias. Tivemos nos últimos tempos Copa do Mundo, Olímpiadas, Paraolimpíadas etc. Construímos estádios de futebol padrão Fifa em localidades que sequer “existiam” times de futebol; construímos a cidade da copa no RJ, quando, hoje, os servidores públicos estaduais estão passando fome e recebendo cesta básica da população; a quantidade de obras “faraônicas” iniciadas e abandonadas é inimaginável, tudo isso com grande desperdício de dinheiro público…

d) gestão voltada para a corrupção e para benefícios financeiros, políticos, familiares e pessoais: ah, sobre isso, nem precisa falar, pois os fatos são públicos e notórios. Veja-se o rol de grandes obras iniciadas de superfaturadas; veja-se o caso do ex-Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral e etc…

Portanto, a atual imposição de aumento da carga tributária (sobre combustíveis) à nação brasileira é um grande despautério e um verdadeiro acinte à sua população que vive sendo diuturnamente explorada e que, por isso, completamente estrangulada….

O Governo Federal está deficitário por culpa única e exclusiva de mau gerenciamento dos recursos públicos, manutenção e concessão de privilégios e exacerbada corrupção….

Até quando, Brasil?

Paulo Alves da Silva é Advogado

Último artigo publicado: PARA ONDE ESTAMOS CAMINHANDO?

Entre em contato com Paulo Alves através do facebook

Share

Estaríamos à beira de uma “Grande Depressão”?

Operação Lava-jato. Um golpe orquestrado para impedir o mandato de uma presidenta, legitimamente, eleita. Dois anos seguidos de recessão econômica. Crescimento vertiginoso do índice de desemprego no País. Descrença nas instituições públicas e nos políticos. Instabilidade política, financeira e social. Juros altos. Reforma Trabalhista e da Previdência.

Essa é uma lista breve das coisas que assolam o país no decorrer dos últimos dois anos.

Como você se sente ao dormir com o preço da gasolina em 3,09 e ao calar da noite sofrer um aumento de quase 0,50 centavos? É confortável para você perceber que a cada dia mais aumentam os números da mendicância no país (coisa que há muito não se via)?

E o que você tem haver com tudo isso? Talvez você seja daqueles que está na posição de afetado, mas sente-se extremamente confortável em tecer comentários do tipo:” Isso é culpa de nossos políticos que são bandidos”; “Isso é Brasil” e etc…. Mas o que de fato você faz pra mudar isso? Na maioria das vezes, você que tanto fala, na verdade não faz nada. Pois é, a tendência é que você seja imóvel a tudo isto que está aí.

Você procura respostas fáceis que só pioram o problema. Você é contra quem protesta porque acha que seu silêncio muda algo. Mas… PARÁBENS… estamos aqui por que você contribuiu para isso.

Daqui pra frente como será? Não sabemos ao certo. O cenário econômico não é dos melhores e nem vislumbra uma retomada. Com a reforma trabalhista os direitos do trabalhador brasileiro se dissolvem e voltaremos ao período escravocrata. Sem falar que se aposentar será algo tão comemorado quanto a descoberta do elixir da longa vida pelos alquimistas (detalhe: eles nunca conseguiram).

Momentos como estes já foram experienciados no mundo afora, como nos Estados Unidos em 1929 e 1930. E o resultado não foi tão bom. É salutar lembrarmos que em alguns países como Alemanha e Itália, a grande depressão contribuiu para o levante de regimes totalitários e de extrema direita nazi-fascistas.

Mas voltando pra cá… Como anda o Brasil? Estamos ruim, camaradas. Beirando um abismo sem fim, e diga-se de passagem a coisa tá tão complicada que tem até grupo organizado como aquele que levou Hitler ao poder na Alemanha.

Desejo luz e livros para nosso povo.

Mikhail Gorbachiov é Cientista Social pela UFPE

Último artigo publicado:Não é porque estou na roda, que terei que dançar.

Entre em contato com Mikhail Gorbachiov pelo WhatSapp (81) 99428-4091

Share

VEREADOR ELIEL VIEIRA PRESTIGIOU A POSSE DO NOVO SECRETÁRIO DE HABITAÇÃO DO ESTADO

Atendendo a convite, comitiva política, de amigos e representantes da imprensa de Bezerros foram prestigiar a posse de Kaio Maniçoba à frente da Secretaria Estadual de Habitação. Segundo fontes internas, o palácio registrou o evento como o segundo maior em número de presentes dada a relevância da articulação política e abrangência dessa Secretaria de Estado.

Da Assessoria do vereador Eliel Vieira

Share

BEZERROS DE VOLTA A CENÁRIO DO FUTSAL ESTADUAL

Pombos,Catende e Macaparana são as cidades que Bezerros irá enfrentar pelo campeonato Pernambucano de futsal, categoria sub 20. O sorteio ocorreu nesta sexta-feira (21) durante o congresso técnico que teve sua realização no auditório no Centro de Artesanato de Pernambuco. O vereador Gabeira, Kleber Maranhão (vice-presidente da federação) recepcionaram desportistas. O presidente Luiz Claudio discutiu regulamento com participantes e, em seguida, houve o sorteio das chaves.

PRESTIGIANDO – O líder do governo na Câmara, o vereador Gabeira, esteve representando o prefeito Branquinho no congresso técnico da federação pernambucana de futsal no Centro de Artesanato de Pernambuco e ressaltou a alegria de saber que a ABF volta a representar Bezerros no Campeonato Pernambucano de Futsal sub 20.

 

Share

Semana do amigo no Rock and Beer

Semana do amigo, mês do Rock. Inverno, frio. Tudo combina! Por isso a Cervejaria preparou mais um final de semana especial, com muita cerveja artesanal, e muita música. Nesta sexta, Laura P, de Recife, comanda o set, com seu rock clássico e psyco rock. E neste sábado, nosso Dj residente, Nunes de Bezerros – que coloca todo mundo pra cantar com muito rock brasileiro e pop rock. Não dá pra perder né?

Share

BARRAGEM DE BREJÃO ATINGE SUA CAPACIDADE MÁXIMA E COMEÇA A VERTER

Após amargar três meses de total desabastecimento na rede de distribuição d’água por conta do colapso na barragem de Brejão, localizada no município de Sairé, o município de Bezerros volta a comemorar a plena capacidade do manancial de 1,6 milhão de metros cúbicos. O gerente da Compesa de Bezerros, João Paulo Alencastro, fez questão de fazer o registro do fato. Veja vídeo.

Share

O QUE FOR PRA SER SEU VIRÁ ATÉ VOCÊ.

Acontece em alguns percursos do caminho momentos em que você está super disposto, determinado, focado em realizar um propósito, confiante de que tudo vai dar certo. Você fez os planos, você tem os planos, e se esforça intensamente para conseguir conquistá-los, trabalhando para realizar todas as metas que te levem ao resultado final: a concretização do seu objetivo. Só que de repente, no meio do caminho você é surpreendido por mais obstáculos do que imaginava encontrar, um desafio atrás do outro, inúmeras impossibilidades, e daí aquilo que parecia que estava tão próximo e possível de chegar em suas mãos, perde todas as chances de acontecer. Triste não é mesmo? Decepcionante e revoltante, e além de ser um balde de água fria jogado em seus planos, você se pega pessimista, achando que só pra você as coisas não dão certo. Pura ilusão sua! Um grande equívoco seu, e você sabe disso. Obviamente no momento que vemos nossas expectativas indo por água abaixo, ficamos tristes e desapontados, mas… (continuar lendo)

Share

PERNAMBUCO 2018: Cenário cheio de incertezas

Faltando um ano e três meses para as eleições, em Pernambuco só existe uma certeza: a candidatura do governador Paulo Câmara (PSB) à reeleição. No campo da oposição, o cenário depende ainda de negociações para definições de candidaturas. Pré-candidato em potencial a governador, o senador Armando Monteiro (PTB) começou a entrar no jogo, mas seu projeto está vinculado ainda ao formato da sua aliança.

Ele deseja criar um novo arco de forças aglutinando lideranças e partidos que estão se desgarrando da base de sustentação de Câmara, como o PSDB, o DEM e o grupo dissidente do PSB, liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho, com quem teve uma conversa, anteontem, em Petrolina. Fácil? Longe de se traduzir nisso, até porque os interlocutores não falam um português claro.

Fernando Bezerra, por exemplo, joga com uma candidatura própria, a do filho, o ministro Fernando Coelho, mas não será surpresa se aceitar a vaga de vice, para o próprio filho, na chapa de Paulo Câmara. Sua própria candidatura a governador está praticamente descartada por causa das denúncias envolvendo seu nome na operação Lava Jato.

Já o PSDB tem como interlocutor o ministro de Cidades, Bruno Araújo, que também não sabe para que lado o rio corra, ou seja, não é oposição de fato ao projeto de reeleição de Câmara nem tem a certeza de que Armando consiga agregar forças de centro-direita para montar uma chapa competitiva. Bruno quer ser senador, mas devido à falta de clareamento do quadro nacional, não enxerga se o caminho mais próximo seria abraçar-se ao PSB ou a Armando.

O DEM, por fim, sonha em ter Mendonça Filho disputando o Governo do Estado, mas o partido está isolado, só elegeu um prefeito e Priscila Krause, a estrela da legenda para fisgar o voto urbano concentrado no Recife e Região Metropolitana, não teve desempenho satisfatório na disputa pela Prefeitura da capital, em 2016. Armando gostaria de atrair Mendonça para à disputa ao Senado, mas a cabeça do ministro da Educação se move em direção ao Palácio das Princesas. Não dando certo, a reeleição de deputado federal, para ele, seria mais confortável.

Desgarrado do PT, com quem se aliou em 2014 e 2016, Armando dá margem para o partido construir voo solo numa majoritária. Este é o cenário mais provável para os petistas, que já têm uma candidata na cabeça: a vereadora Marília Arraes, líder da oposição na Câmara do Recife. Ex-PSB, brigada com a família Arraes e com o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, Marília só tem a lucrar entrando na disputa e por cima ainda contribui para o partido recuperar espaço na Câmara dos Deputados, com as candidaturas de João Paulo e Humberto Costa, os mais competitivos.

Além desses fatores locais, os nacionais se sobrepõem. A crise está no seu ápice, não se sabe se o presidente Michel Temer terá gorduras suficientes para queimar por mais tempo. As alianças dependerão, igualmente, de um projeto de reforma política, que tende a não andar por falta de tempo. O que se diz em Brasília é que se houver alguma mudança nas regrais atuais seriam o fim das coligações, a exigência da cláusula de barreira e a criação do fundo de financiamento eleitoral. Outra expectativa diz respeito ao distritão, que fragiliza os partidos e a acaba as coligações, estabelecendo como regra a eleição dos proporcionais mais votados.

Veja a coluna de hoje de Magno Martins aqui

Share

ALERTA SOBRE DESMORONAMENTO NA SERRA DAS RUSSAS

Uma pedra rolou na BR-232, na Serra das Russas, sentido Recife-Interior. O alerta foi disparado pelos usuários das redes sociais. O fato se deu antes da Ponte Cascavel em um trecho  considerado de risco de incidentes nos períodos de chuvas. Serve de alerta para os motoristas de Bezerros e região quem transitam diariamente pelo trecho.

Share

Programação Bezerros Moto Fest 2017

Evento acontece a partir desta sexta-feira no Polo Cultural da Serra Negra

Sexta 21-07

10:00h. – Abertura do Evento (recepção aos motociclistas;
14:00h. – Som Mecânico;
20:00h. – Old Wine;
23:00h. – Érica França e Wanessa Gonçalves;
01:00h. – Encerramento;

Sábado 22-07

08:00h. – Recepção aos Motociclistas ;
09:00h. – Som Mecânico ;
13:00h. – Carlinhos Nova;
16:00h. – Visão Noturna;
19:00h. – The Madnes (Iron Maiden Cover);
21:00h.-Toninho de Olinda (Zé Ramalho Cover);
23:00h. – Banda Hits;
02:00h. – Encerramento;

Domingo 23-07

08:00h. – Despedida aos Motocilistas ;
10:00h. – Trilha dos Amigos (Bezerros);
17:00h. – Encerramento;

Share