DE OLHO EM BRASÍLIA! PRESIDENTE VOLTA A FAZER PRONUNCIAMENTO

O presidente Michel Temer (PMDB) atacou duramente neste sábado, em pronunciamento oficial na TV, as acusações feitas pelo empresário Joesley Batista, da JBS, desqualificou a conversa gravada pelo empresário em reunião com ele no Palácio do Jaburu, afirmou que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento do inquérito contra ele e reafirmou que vai continuar no cargo.

Em fala de pouco mais de 12 minutos, ele citou evidências de que o áudio da reunião dele com Joesley teve mais de 50 edições. “Essa gravação clandestina foi manipulada e adulterada com objetivos nitidamente subterrâneos e, incluído no inquérito sem a devida e adequada averiguação, levou muitas pessoas ao engano induzido e trouxe grave crise ao Brasil”, afirmou em pronunciamento no Palácio do Planalto. lEIA MAIS

Share

DE OLHO EM BRASÍLIA! 72 HORAS DECISIVAS PARA TEMER

As próximas 72 horas serão decisivas para o futuro do presidente Michel Temer. É o tempo que líderes de partidos que são os pilares de sua base no Congresso terão para decantar as acusações feitas por Joesley Batista, dono da JBS, ao peemedebista. PSDB e DEM decidiram que, se desembarcarem, o farão juntos. O gesto, por si só, aniquilaria o apoio a Temer no Parlamento. Segundo dirigentes do PSB, a semana já não deve começar com boas notícias: a sigla vai deixar o governo.

Os presidentes do PSDB, Tasso Jereissati (CE), e do DEM, Agripino Maia (RN), combinaram de falar sobre a situação do governo neste domingo (21). Cientes de que o risco de debandada é altíssimo, aliados de Michel Temer decidiram passar o fim de semana em Brasília tentando segurar o efeito manada na base do governo.

O PSB, que tem o Ministério de Minas e Energia, vai devolver a pasta. A executiva da sigla se reúne neste sábado (20) para referendar os termos de sua saída. O partido deve pregar a renúncia de Temer e o cumprimento da Constituição, ou seja: eleições indiretas.

(Painel – Folha de S.Paulo)

Share

BRASIL URGENTE!!!

RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram apressados no Supremo Tribunal Federal (STF) e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin. Os donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, estavam acompanhados de mais cinco pessoas, todas da empresa. Foram lá para o ato final de uma bomba atômica que explodirá sobre o país — a delação premiada que fizeram, com poder de destruição igual ou maior que a da Odebrecht. Diante de Fachin, a quem cabe homologar a delação, os sete presentes ao encontro confirmaram: tudo o que contaram à Procuradoria-Geral da República (PGR) em abril foi por livre e espontânea vontade, sem coação.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/dono-da-jbs-grava-temer-dando-aval-para-compra-de-silencio-de-cunha-21353935#ixzz4hNePZEYs
stest

Share

PERNAMBUCO PERDE AO FICAR DE FORA DA CAMPANHA DA PROMOÇÃO DAS MELHORES FESTAS JUNINAS

Caruaru, Bezerros, Gravatá, Limoeiro, em fim, as festas juninas mais tradicionais do Estado perdem ao ficar de fora do edital do Ministério do Turismo que vai promover as festas juninas no mercado nacional e internacional. Houve uma chamada pública que recebeu ao todo 26 propostas de municípios de todo o País, sendo Caruaru a única cidade de Pernambuco a participar. Destes, 16 foram habilitados e cinco foram premiados: Corumbá (Mato Grosso do Sul), Bragança (Pará), Belo Horizonte (MG), São Luís (Maranhão) e Campina Grande (Paraíba). A princípio seria selecionado um município por cada região do Brasil, mas como a região Sul não enviou nenhum projeto, foi selecionado um município de outra região com a melhor classificação.

CARUARU PERDEU PONTOS POR ORGANIZAÇÃO

Apesar de ter cumprido os critérios para habilitação, Caruaru perdeu pontos por sua organização. Entre os critérios avaliados na seleção estão: a existência de site promocional do festejo junino; grade de programação do festejo junino e existência de material promocional do festejo junino em idiomas estrangeiros. Porém, o São João de Caruaru não possui nenhum site e nem o material de divulgação em língua estrangeira. A programação também não está definida. A prefeitura lançou no dia 29 de abril um edital de convocatória para as festas juninas.

BEZERROS

O São João de Serra Negra é um dos mais tradicionais do Estado e já foi apontado por uma pesquisa da Empetur como o 3º destino mais procurado no período.

Share

PARQUE RUFINA BORBA EM APOIO A PEC DA VAQUEJADA

Julio Cláudio , João Fernando Coutinho e Edvaldo Lima

O Deputado Federal João Fernando esteve  conosco mais uma vez para convidar a todos para participar da votação da PEC da Vaquejada, projeto de sua autoria, que será votado no próximo dia 10 de maio de 2017. Na ocasião, falamos sobre o cenário político hoje e futuro e as dificuldades que cidades pequenas estão passando com essa crise do Pais. João Fernando, que já esteve em Bezerros várias vezes no Parque Rufina Borba, destacou a importância da Vaquejada de Bezerros e do carnaval de Bezerros para Pernambuco e afirmou “estou lutando em Brasília por nossas culturas e Esportes.

Edvaldo Lima – Parque de Vaquejada Rufina Borba

Share

WhatsApp apresenta instabilidade e sai do ar para vários usuários

O WhatsApp apresentou instabilidade na tarde desta quarta-feira, 3, e saiu do ar para vários usuários. Não está claro o que aconteceu, mas o número de reclamações disparou no horário próximo às 17h20. Uma pesquisa breve no Twitter do Olhar Digital confirmou que muitos usuários não estavam conseguindo enviar ou receber mensagens por meio do aplicativo. O serviço “Caiu tudo”, que monitora a operação de vários serviços online, também relata um pico de reclamações no horário.

olhardigital.uol.com.br

Share

DATAFOLHA MOSTRA NÚMEROS DA CORRIDA PRESIDENCIAL DE 2018

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) cresceu e aparece no segundo lugar da corrida para a Presidência em 2018, empatado tecnicamente com a ex-senadora Marina Silva (Rede).

É o que aponta a primeira pesquisa Datafolha após a divulgação de detalhes da delação da Odebrecht, que atingiu em cheio presidenciáveis tucanos –que veem o prefeito paulistano, João Doria (PSDB), surgir com índices mais competitivos.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por sua vez, mantém-se na liderança apesar das menções no noticiário recente da Lava Jato.

O Datafolha fez 2.781 entrevistas, em 172 municípios, na quarta (26) e na quinta (27), antes da greve geral de sexta (28). A margem de erro é de dois pontos percentuais.

O deputado Bolsonaro, que tem posições conservadoras e de extrema direita, subiu de 9% para 15% e de 8% para 14% nos dois cenários em que é possível acompanhar a evolução. Nesses e em outros dois com candidatos diversos, Bolsonaro empata com Marina.

Ele é o segundo nome mais lembrado de forma espontânea, com 7%. É menos que os 16% de Lula, mas acima dos 1% dos outros.

Com uma intenção de voto concentrada em jovens instruídos e de maior renda, Bolsonaro se favorece da imagem de “outsider” com baixa rejeição (23%) e do fato de que o Datafolha já registrava em 2014 uma tendência conservadora no eleitorado.

Ele parece ocupar o vácuo deixado por lideranças tradicionais de centro-direita do PSDB, golpeadas na Lava Jato, confirmando a avaliação de que há espaço para candidaturas que se vendam como antipolíticas em 2018.

O senador Aécio Neves (MG), que terminou em segundo em 2014 e hoje é investigado sob suspeita de corrupção e caixa dois, é o exemplo mais eloquente da crise tucana. É tão rejeitado quanto Lula: não votariam nele 44%, contra 30% no levantamento de dezembro passado. Sua intenção de voto oscilou de 11% para 8%, quando era de 26% no fim de 2015.

Já o governador Geraldo Alckmin (SP) viu sua rejeição pular de 17% para 28%, e sua intenção de voto oscilou para baixo, de 8% para 6%. Até a delação da Odebrecht, em que é suspeito de receber R$ 10,7 milhões em caixa dois, ele passava relativamente ao largo da Lava Jato.

Marina, com “recall” de candidata em 2010 e 2014, registra tendência de queda nos cenários de primeiro turno. Para o segundo turno, ela segue na liderança, mas empata tecnicamente com Lula.

O ex-presidente mostra resiliência enquanto surgem relatos de sua relação com a construtora OAS e tendo a possibilidade de ficar inelegível se for condenado em duas instâncias na Lava Jato.

Nos dois cenários aferíveis, suas intenções subiram para 30%, saindo de 25% e 26%.

Lula atinge assim o terço do eleitorado que era considerado, antes da debacle do governo Dilma Rousseff, o piso de saída do PT. Parte do desempenho pode estar associado à vocalização da oposição ao governo Michel Temer (PMDB), impopular.

Já na pesquisa de segundo turno, Lula derrota todos exceto Marina e um nome que não havia sido testado até agora: o do juiz Sergio Moro, que comanda processos contra o ex-presidente na primeira instância da Lava Jato.

Sem partido, Moro supera Lula numericamente, com empate técnico: 42% a 40%. No cenário de primeiro turno em que é incluído, o juiz chega tecnicamente em segundo. Neste cenário, o apresentador Luciano Huck (sem partido, mas sondado pelo Novo), estreia com 3%.

Outro neófito na pesquisa é Doria, que tem tido o nome cada vez mais citado como pré-candidato ao Planalto. Ele ultrapassa seu padrinho Alckmin, ainda que dentro da margem de erro. E tem duas vantagens importantes: ainda não é um nome nacionalmente conhecido e tem baixa rejeição, de 16%.

Na hipótese de ser o candidato tucano com Lula, Doria pontua 9% no quarto lugar. Sem Lula, sobe para 11% mas fica na mesma posição, ultrapassado por Ciro Gomes (PDT) –que tenta se posicionar como nome da esquerda caso o petista não concorra. No segundo turno, Doria perderia para Lula, Marina e Ciro.

Ver cenários aqui  Fonte: Folha de S. Paulo

Share

PROTESTOS DEVEM ACONTECER EM BEZERROS NA SEXTA-FEIRA

Os bezerrenses estão sendo convidados para protestarem nesta sexta-feira contra a reforma trabalhista e previdenciária.  “… Reformas estas que objetivam enfraquecer os direitos dos brasileiros e brasileiras em questões do trabalho e da tão sonhada aposentadoria. Vamos parar, aderir a greve geral e dizer que somos contra a aniquilação dos direitos sociais do povo brasileiro.
Estarão presentes as entidades SINPRO, CTB, SINDACS, SISMUB, STR bezerros, Estudantes da EREM e EIRB”, diz a nota enviada à redação. O ato está marcado para acontecer às 8h na Praça São Sebastião.

 

Share

BEZERRENSE EXERCE O SEGUNDO MANDATO DE VEREADOR EM SALVADOR

Visite o perfil do vereador clicando na imagem

O vereador Cáca (PSD) apresentou moção de congratulação ao bezerrense Luiz Carlos, vereador de  Salvador, capital do estado da Bahia. Cáca informou que o vereador soteropolitano esteve recentemente em Bezerros visitando o seu pai, Severino Carlos de Souza, que tem mais de 90 anos. Cáca destacou ainda que o bezerrense é o caçula de 11 irmãos e que já trabalhou reciclando vidros para uma empresa de Vitória de Santo Antão. Ele teria deixado o município na década de 90. A história do bezerrense mereceu o destaque da casa legislativa bezerrense.

Share

EM BEZERROS, MINISTRO ESCLARECE POLÊMICA SOBRE ENEM E FIM DE AULAS NOTURNAS

O Ministro da Educação Mendonça Filho esteve em Bezerros/PE, nesta quarta-feira (12),  para a entrega de novos equipamentos na área da educação e desmentiu informações que circulam nas redes como o novo valor da inscrição do ENEM, que representaria um custo a mais para os pobres, e sobre o fim de aulas no período noturno. Mendonça atribui a polêmica a rede de petistas vinculados ao  PSOl fatos que não correspondem a realidade. Ver entrevista.

Share

TURBULÊNCIA EM BRASÍLIA

A tensão política aumentou em Brasília com a divulgação da lista de políticos que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, mandou investigar. A lista foi divulgada pelo jornal Estado de S. Paulo nessa terça-feira.

Share

HOJE: MINISTRO DA EDUCAÇÃO INAUGURA OBRAS EM BEZERROS

O ministro da Educação, Mendonça Filho, estará hoje, quarta-feira (12), em Bezerros, para inaugurar três obras. A primeira é a Escola Vicente Ferreira, em Boas Novas, em seguida vai até o Colégio Municipal Monsenhor Florentino onde vai inaugurar a Quadra Poliesportiva. Logo após, ele vai entregar a Escola Municipal Claudenize Lopes Maranhão Ferreira (Dona Nizinha), no Bairro Nossa Senhora Aparecida.

A visita começa às 11h em Boas Novas. A Escola Vicente Ferreira já está em pleno funcionamento e conta com bloco pedagógico, laboratórios de informática, biblioteca e setor administrativo. Ao meio-dia, vai até Colégio Municipal Monsenhor Florentino, onde entrega a Quadra Poliesportiva que hoje beneficia cerca de 400 alunos do 1º ao 9º ano.

O terceiro compromisso de Mendonça Filho será a entrega da nova Escola Municipal Claudenize Lopes Maranhão Ferreira (Dona Nizinha). Recém construída, ela acomoda 350 alunos que antes estudavam no anexo da Escola Zuzinha Guilherme. A estrutura é composta por seis salas de aula, cozinha, pátio, secretaria, biblioteca, laboratório de informática, sala de vídeo e banheiros.

Share

ALUNOS DA EREMB IRÃO REALIZAR NA PRÓXIMA SEXTA (31) UMA MOBILIZAÇÃO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Por iniciativa dos alunos da Escola de Referência em Ensino Médio de Bezerros (EREMB), nessa Sexta-feira, 31 de Março, haverá uma mobilização contra a PEC da Reforma da Previdência (reforma que garante aposentadoria após apenas 49 anos de colaboração com o Governo).

Partindo da Praça São Sebastião, ao lado do Colégio Radar, a partir das 08:00 h, os alunos estarão prontos com seus cartazes e hashtags e vestindo preto para protestar contra a Reforma caminhando até o Centro da cidade. Convidamos toda a população Bezerrense para participar deste ato que pode mudar para melhor o futuro do Brasil. Participe deste movimento, vista camisa preta, escreve uma frase de indignação em cartaz e faça parte deste movimento.

Do PH Bezerros

Share

ALERTA SOBRE O QUE ESTÁ SE DESENHANDO EM BRASÍLIA. VOCÊ CONCORDA?

Próximo dia 4/4, o relator da reforma política na comissão especial da Câmara dos Deputados, Vicente Cândido (PT-SP), apresentará o seu parecer com duas propostas polêmicas: lista fechada e financiamento público das campanhas eleitorais. Caso a lista seja aprovada, o eleitor não votará mais em candidato a vereador nem a deputado. Votará numa lista, que será elaborada pelos partidos.

Inaldo Sampaio

Share