Prefeito de cidade do sul do país visita Bezerros

prefeito dePirituba em Bezerros peO prefeito de Pirituba, SC, Claudirlei Dorini (PMDB), esteve em Bezerros nesta manhã de sexta-feira (14) com a sua comitiva. Ele veio  a convite da Professora Mileide Santos, coordenadora e fundadora do Folc Popular. “Pirituba é uma cidade catarinense que promove anualmente um grande Festival de Dança onde o FOLC POPULAR sempre é destaque” destacou na rede social o secretário adjunto de turismo de Bezerros, Sérgio Brainer. O prefeito foi recepcionado por secretários municipais.
Share

ESTUDANTES DE BEZERROS ENTRAM NO UNIVERSO AUDIOVISUAL ATRAVÉS DE OFICINA DE MÍDIAS MÓVEIS

Captura de Tela 2013-06-09 a¦Çs 12.45.12 MIDIAS_MOVEIS_MARCA-01(1) IMG_4762Aconteceu na última semana a finalização do projeto “Mídias Móveis”, que atendeu a mais de 150 estudantes de cinco escolas de Bezerros.
A oficina mostrou que é possível transformar ideias em filmes sem a utilização de equipamentos profissionais, desmistificando o processo de realização ao permitir que os alunos pudessem produzir com recursos próprios após o termino das aulas, capacitando-os para a realização em formatos alternativos.
Houve uma abordagem sobre a democratização dos meios de produção, com ênfase nas novas mídias de filmagem.
“O projeto está ligado ao conceito de alfabetização audiovisual. Da mesma maneira que aprendemos a ler e a escrever, também é muito importante dominar a tecnologia para usá-la a nosso favor, de uma maneira criativa”, afirma o cineasta Marlom Meirelles, idealizador do projeto.
Esta não é a primeira vez que atividades com esta natureza foram trazidas para o município por sua produtora, a Eixo Audiovisual. Anteriormente aconteceu o curso “Documentando”, através de parceria com a Fundarpe, o “Cultura Digital”, com apoio do Minc, e algumas oficinas de formação para os artesãos da A.A.B. – Associação dos Artesãos de Bezerros, com recursos da Caixa Econômica Federal.
Nesta edição foram contemplados o Colégio Nossa Senhora das Dores, Cônego Alexandre, Municipal, Eurico Queiroz e Maria Ana.
A ação foi uma das propostas selecionadas pelo Programa Cultural do Bando do Nordeste do Brasil, em parceria com o BNDES.

Share

TRABALHO DE J. BORGES ILUSTRA ESPECIAL DA COPA DA EDITORA ABRIL

E o xilogravurista J. Borges desenha

 O artista bezerrense, J. Borges, internacionalmente prestigiado por conta da sua arte ( xilogravura e cordel), tem um de seus mais recentes trabalhos ilustrando mais uma publicação nacional. O destaque pode ser conferido  em um especial da Copa da Editora Abril, encartado esta semana na mais respeitada revista do país, a  Veja.
Com informação do parceiro do bezerroshoje Sandemberg Pontes
Biografia, segundo a Wikipédia, a enciclopédia livre na,internet.
José Francisco Borges (Bezerros, 20 de Dezembro de 1935), mais conhecido como J. Borges, é um xilogravurista e cordelista brasileiro.

Aos oito anos, o menino José Francisco já trabalhava na terra com o pai. Aos dez, já fabricava e vendia na feira colheres de pau. Foi oleiro, confeccionou brinquedos artesanais e vendeu livros de cordel.

Aos 29 anos, José resolveu que iria escrever cordel. Foi quando fez O Encontro de Dois Vaqueiros no Sertão de Petrolina, com xilogravada por Mestre Dila, que vendeu mais de cinco mil exemplares em dois meses.1

Como não tinha dinheiro para pagar um ilustrador, J. Borges resolveu fazer ele mesmo: começou a entalhar na madeira a fachada da igreja de Bezerros, que usou em O Verdadeiro Aviso de Frei Damião.1 Desde então, começou a fazer matrizes por encomenda e também para ilustrar os mais de 200 cordéis que lançou ao longo da vida. Continue lendo mais aqui

Share

ARTISTA LAMENTA ESTÁ DE FORA DO SÃO JOÃO DE SERRA NEGRA E DENUNCIA O NÃO RECEBIMENTO DE CACHÊ

 

O cantor e compositor pernambucano, Israel Filho, usou a rede social, nesta segunda-feira (3), para fazer um desabafo em relação a Festa Junina de Serra Negra. Ele lamentou está fora da grade de programação deste ano e denunciou  o não recebimento do cachê pela sua apresentação no São João de 2012. O artista, que é caruaruense, demonstrou imenso carinho pela Serra Negra e desejou muito forró para aqueles que forem passar o São João por lá. Após algumas horas exposta,  a postagem foi retirada de sua rede social, mas fãs a propagaram na internet.

Share

TURNÊ LITERÁRIA NO CAP DE BEZERROS

O IV SARA S/A será um evento organizado por alguns integrantes de grupos bezerrense, que acontece no Centro de Artesanto, no dia  9/06. No encontro, acontecerá recital, música, mesa de debates, além do lançamento do livro: “SEM NINGUÉM” (POEMAS PORNOFOLÓGICOS DE CÉLIO LIMA)

Share

FUNDADORA DO FOLC POPULAR CONTA HISTÓRIA DO GRUPO; MAIS DE 1300 ALUNOS JÁ PASSARAM POR ELE

No dia em que o Folc Popular completa doze anos de atividade, elevando o nome da cultura local para o país inteiro, fomos ouvir a sua fundadora,a professora Mileide Santos, que nos revela fatos curiosos  durante essa belíssima  trajetória.  Mileide fala da história, enfatizando os mais de 1300 alunos que já fizeram parte do grupo , e diz sobre o futuro do Folc Popular, já que pretende se aposentar.

BEZERROSHOJE: Como surgiu o grupo Folc Polpular há 12 anos?

MILEIDE SANTOS: O GRUPO DE DANÇA FOLCPOPULAR DA CIDADE DE BEZERROS (PE), FOI FUNDADO EM JUNHO DE 2001 , COM O PRÓPOSITO DE RESGATAR E VALORIZAR A NOSSA CULTURA, EM ESPECIAL A TRADIÇÃO DO PAPANGU. O GRUPO SURGIU MESMO EM MEADOS DO ANO DE 95, NO GRUPO DA IRMÃ JÚLIA. NA ÉPOCA ERA POUCO CONHECIDO E NÃO TINHA APOIO. AS PESSOAS O CHAMAVA MAIS DE GRUPO DE DANÇA  DA PROFESSORA MILEIDE AO INVÉS DO SEU PRÓPRIO NOME: FOLCPOPULAR. _ÀS VEZES ‘ VEM AI AS MENINAS DA IRMÃ JÚLIA’ (RISOS). COM O PASSAR DO TEMPO A DESFIZ O FOLCPOPULAR PARA FUNDAR COM CARLOS MARQUES O PAPANGUARTE , PASSEI LÁ 4 ANOS E MEIO, E, POR DECISÃO PRÓPRIA, RESOLVI  VOLTAR COM O FOLCPOPULAR  POR OPTAR A TRABALHAR COM CRIANÇAS QUE NÃO TINHAM TANTA OPORTUNIDADE.

BH-Você era professora no município? 

MILEIDE SANTOS: PASSEI DOZE ANOS NA PRÉ ESCOLA DO C.A S .N .S.D, NO BAIRRO DO SALGADO.

BH-O Folc Popular trabalha com crianças ou pessoas adultas podem fazer parte do grupo?

ÉRAMOS 15 MENINAS E DOIS MENINOS , INCLUSIVE SAÍAMOS COM ZEZÉ E ZEZITA APRESENTANDO PASTORIL SAGRADO  E A BONEQUINHA DO FORRÓ. HOJE, SÃO 92 INTEGRANTES, CRIANÇAS JOVENS E ADULTOS . TEMOS CASOS DE JOVENS QUE SÃO CASADOS HOJE, MAS NÃO DEIXARAM DE PARTICIPAR -NO CASO DE IZABELA FERNANDA- QUE ENTROU COM 4 ANOS E HOJE JA COM 17 ;  E EQUILAINE CRISTINA, QUE TINHA APENAS 6 ANOS E HOJE É A MAIS VELHA DO GRUPO,  COM 28 ANOS,  CASADA E COM DOIS FILHOS. MUITO GRATIFICANTE. QUALQUER PESSOA PODE FAZER PARTE , OS ADULTOS QUE TENHO , FORAM CRESCENDO DENTRO DO PRÓPRIO GRUPO.

BH: Quantos alunos já passaram pelo grupo?

NÃO SEI AO CERTO DE QUANTOS ALUNOS PASSARAM, MAS PELA DOCUMENTAÇÃO QUE GUARDO ATE HOJE, TEM EM MÉDIA DE 1.330 NO DECORRER DE 12 ANOS, CLARO.

BH-Como o grupo faz para se manter? Há apoios dos poderes públicos?

NOS MANTEMOS COM APOIO DO GOVERNO MUNICIPAL , COM MERENDA ESCOLAR, TRANSPORTE PARA APRESENTAÇÕES, FIGURINO,ETC., E TAMBÉM TEMOS ALGUM EXTRA COMO ALUGUEL DE ROUPAS , ASSIM TEMOS NOSSOS DIAS DE LAZER GARANTIDO.

BH-Quais as viagens ou trabalhos marcantes realizados pelo Folc Popular?

AS VIAGENS FORAM FESTFOLK BLUMENAU SC (5 VEZES CONSECUTIVAS) , PIRATUBA -SC ( TRÊS VEZES), JOÃO PESSOA PB, CONGRESSOS , SEMINÁRIOS , FESTAS POPULARES , DESFILE CÍVICOS , FEIRAS COMO A FENEARTE, ENTRE OUTROS .

BH- Como vc deseja ver o Folc Popular no futuro?

QUERO DAQUI HÁ 4 ANOS ME APOSENTAR.  DEIXAREI UMA EQUIPE DANDO CONTINUIDADE, POR SINAL MUITO BEM PREPARADOS E DETERMINADOS EM CONTINUAR ESSE TRABALHO O QUAL AJUDA TANTOS JOVENS. O MAIS IMPORTANTE É O AMOR PELO NOSSO POVO E POR NOSSAS RAÍZES.

DESDE JÁ, AGRADEÇO A REDAÇÃO

 COM CARINHO: MILEIDE

http://sphotos-c.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn2/971750_670996806248825_1136143227_n.jpg

Share

TRIO PASSARINHO: DE BEZERROS PARA O MUNDO

 

FOTO ATUALIZADA DO TRIO PASSARINHO 2013.

AMIGOS DO BEZERROSHOJE!

Estamos enviando uma foto do Trio Passarinho e uma música de Luiz Gonzaga (Vida de Viajante), que gravamos recentemente.
Em breve, mandarei nossa Agenda para o mês de Junho.
Um forte abraço;

Carlos Farias

CONTATO: carlosadefarias@gmail.com

 

Share

PRÉDIO DA ESTAÇÃO PASSA POR REVITALIZAÇÃO; MUSEU SERÁ REATIVADO

JUL_7038Prédio centenário, de muitas histórias, a antiga Estação Ferroviária está passando por uma reforma para voltar a ser conhecida como Estação da Cultura. O local recebeu esse nome na gestão do ex Prefeito Marcone Borba quando abrigou o museu da cidade e o vagão do arte JUL_7044  JUL_7031são com peças de artistas da terra. A reforma vai retomar um pedaço da história de Bezerros.

Através de um trabalho de restauração do departamento de cultura da Prefeitura, a Estação está recebendo nova pintura, retoque em alvenaria, telhado, portas e adaptações no museu que deverá ganhar novas peças. De acordo com Luciana Dutra, diretora de cultura do município, um local tão importante não poderia ficar desativado assim. “É um crime deixar peças tão importantes jogadas sem serventia. O museu faz parte da nossa história e estamos trabalhando para entregar de volta à população”, falou.

Da Assessoria

Share

Pernambucano é o povo mais carinhoso do Brasil

po“Não existe amor em SP”, diz o hit cantado pelo rapper Criolo. Mas parece que em Recife o amor existe aos montes. É o que diz uma pesquisa feita pelo Ibope a pedido da Johnson e Johnson. Segundo o levantamento, o pernambucano é o povo mais carinhoso  – e também o mais carente – do Brasil.

Para 55% dos pernambucanos, o carinho impacta positivamente o dia. E 70% deles considera a afetividade algo muito importante em suas vidas. No extremo oposto, estão os paranaenses. No estado do sul do país, apenas 41% dos entrevistados acha que demonstrações de afeito são importantes no dia a dia.

Cerca de 37% dos pernambucanos diz ter recebido muito carinho ao longo da vida. E 49% deles diz ter dado muito afeto em suas relações. Mas eles também são o povo mais carente do Brasil, segundo a pesquisa feita pelo Ibope. Cerca de 31% dos pernambucanos sente falta de carinho em suas vidas.

Outros números da pesquisa mostram a boa vontade do pernambucano. Metade deles ajudaria um desconhecido, quando, no resto do país, o percentual é de apenas 29%. Cerca de 51% deles retribuiria uma ajuda recebida, contra 40% no restante do Brasil. Parece que há muito amor em Recife, né?  LEIA MAIS NO DP

Share

Papangus e melhor idade‏

EVENTO MELHOR IDADE

A ABCMI – Associação dos Clubes da Melhor Idade é um Programa criado pela então EMBRATUR, com a finalidade de proporcionar oportunidades reais de lazer, turismo e cultura, contribuindo para a valorização e melhoria da qualidade de vida dos idosos, e a confraternização  entre cidadãos seniores de diferentes países.

ENTIDADES ENVOLVIDAS: O Ministério do Turismo, Os Órgãos Oficiais de Turismo, Os Conselhos Nacional, Estadual e Municipal de Turismo, Os Conselhos Nacional, Estadual e Municipal do Idoso, A Associação Brasileira dos Clubes da Melhor  Idade, A ABCMI – Nacional, As ABCMI’S Regionais, As ABCMI’S Estaduais (25 estados), O Clube da Melhor Idade.

No período de 19 a 22 de maio do corrente,  está acontecendo o  XVI CONGRESSO BRASILEIRO DOS CLUBES DA MELHOR IDADE E  XV ENCONTRO LUSO BRASILEIRO / TURISMO SENIOR, em  Caldas Novas/GO, Centro de Convenções diRoma.

O referido evento tem como tema, ¨O NOVO IDOSO –  A Melhor Idade no melhor momento”.

A ABCMI/PE, através da sua Delegação, representará nosso Estado, com o tema, “Os Papangus de Bezerros”. Todos vestidos a caráter. No momento, um dos membros fará uma breve leitura da história dos Papangus de Bezerros. Conforme informação da  Coordenadora Técnica ABCMI/PE e funcionária da EMPETUR, Eloíza de Paula.

Da Assessoria

Share

HISTORIADOR SUGERE DATA DE EMANCIPAÇÃO PARA 9 DE JANEIRO

POR QUE TANTA POLÊMICA?

Ronaldo Souto Maior é do IEHAFBE.

LEI 919A ciência da História é fantástica, dinâmica, quando o pesquisador inicia sua jornada e começa agrupar os dados referentes a um fato histórico, e o cuidado redobrado naqueles chamados “documentos factuais”, sendo comparável a um jogo de xadrez, cada lance haverá uma surpresa. E ela, a ciência histórica fica corrompida quando se volta para agradar aos dominadores do poder, quando alguns escritores estão ligados as grandes Editoras, e estas, servis aos dominadores, pois necessitam de vender seus trabalhos, os quais serão repassados às Instituições de Ensino, e são milhões que migram para os cofres das empresas editoriais. O historiador torna-se um escravo da Editora, senão, perde a “bocada”, assim nascem os grandes historiadores, um “clube fechado” ou “Clube do Bolinha” – para não dizer “CLUBE DO BOLÃO”. Os livros saem como agrada o governo central. Coitados dos estudantes…

Quantas vezes aprendemos nas escolas o fantástico “DESCOBRIMENTO” DO BRASIL, a bela ação da “Redentora”, Princesa Isabel, o exemplo cívico de D. Pedro I, com o gesto “Independência ou Morte”, que os grandes artistas o representa montado num belo cavalo – quando se sabe que era uma humilde mula -, a expressiva Proclamação da República, que na expressão de Aristides Lobo que afirmou “o povo bestializado, atônito, sem conhecer o que significava”, todos esses aspectos os historiadores independentes – que não conseguiram um lugar na pirâmide editorial -, estão escrevendo com coragem os verdadeiros fatos históricos, destronando a chamada “verdade histórica”. Assim se constrói UMA NOVA HISTÓRIA DO BRASIL, mesmo enfrentando as pesadas críticas.

A Historia municipal não foge a regra, muitos se expressam sem uma pesquisa requintada, e no quesito da Lei que cria o município, notamos que a mesma é citada data, mês e ano e o nº da mesma, sem procurar adentrar nos demais artigos, como consta na maioria dos livros editados, o que esconde

particularidades importantes, como logo em seguida demonstraremos na questão BEZERROS:

PRESTANDO a devida atenção, poderemos identificar a preocupação do Desembargador Francisco de Assis Pereira Rocha, Vice-Presidente da Província de Pernambuco, na preocupação e querendo evitar novos atos de fraudes – como ocorrera em 1865 -, no Art. 3º insere o que prevê a Constituição Imperial, “Não serão installados os municípios de que fala esta lei, senão depois que os habitantes de cada uma das localidades tiverem prestado, a sua custa, casas para as camaras respectivas”. (sic)

É verdade, não é fácil adentrar nos Arquivos Municipais, quando os mesmos – os que existem -, não apresentam nenhuma forma de organização, documentos e mais documentos são abandonados no chão, para sabor das traças e a predominância do mofo, que corroem verdadeiras obras de valor históricos, destruindo aspectos importantes da historiografia municipal. Em Bezerros, no período do governo de Dr. Lucas Cardoso teve início a catalogação do arquivo

municipal, com sua morte não sabemos em que resultado terminou, se continuou ou foi desprezado. Com toda dificuldade, o pesquisador tem que ter perseverança, buscar lá fora algo que se relacione com sua terra, foi assim que obtive a completa Lei nº 919 que criou o município dos Bezerros aos 18 de maio de 1870. Criou apenas, faltava correr contra o tempo, eleger a Comissão Paroquial que tinha a finalidade de preparar o alistamento de novos eleitores, e proceder a eleição da Câmara Municipal, cujo trabalho foi finalmente concluído aos 30 de março, perante o Juiz de Paz mais votado do 1º Distrito da freguesia dos Bezerros, Tenente-Coronel Francisco Gomes dos Santos, na Igreja-Matriz, às 10 horas da manhã, a Junta Municipal se reúne para eleger os membros para a Junta Paroquial, a qual foi formada por João Francisco Claudino, tendo 15 votos; Manoel Quintão de Veras França, 15 votos; Alferes Joaquim Claudino de Oliveira, 14 votos e Joaquim F. da Costa e Silva, 14 votos – (ver detalhes mais profundos no primeiro volume do livro Bezerros, Seus Fatos e Sua Gente, às pags.73 a 81). Em nove de janeiro de 1873, cumprida as exigências constitucionais e da Lei de 1º de outubro de 1828 – a chamada REGIMENTO DAS CÂMARAS MUNICIPAIS DO IMPÉRIO QUE DARÁ FORMA ÀS CÂMARAS MUNICIPAIS – esta foi a LEI ORGÂNICA DOS MUNICÍPIOS DURANTE TODO O IMPÉRIO ATÉ 1891 (início da República). Nossos argumentos estão embasados em fatos concretos, não se tem dúvida, o importante É LER, para se obter conhecimento.

Assim estranho às dúvidas de importantes figuras de nosso município, alguns se manifestando como “envoltos na dúvida”, ora, quem tem inteligência e gosta de ler não cabe essa chamada de dúvida, pois as LEIS IMPERIAIS estão aí disponíveis, e outro caso mais alarmante é confundir a questão tão clara da emancipação política e econômica dos municípios com o chamado “descobrimento do Brasil”, afirmando que ainda é polêmica tal questão! Essa é a maior barbaridade, acho que tal afirmativa está embasada no ensinamento da História na época dos anos 60 para trás, hoje temos excelentes livros de História do Brasil escritos sem a manipulação dos interesses editoriais, conforme abordei no início deste trabalho. Prometo que na próxima matéria falarei sobre História do Brasil, farei uma súmula sobre a questão. Para concluir, não tivemos o pensamento de pretender não celebrar o 18 de maio deste ano, em hipótese alguma, inteiramente impossível, pois, na verdade é uma advertência para o próximo ano, já que pretendemos CONSTRUIR NOVOS TEMPOS. Que o PODER LEGISLATIVO, EM CONJUNTO COM O PODER EXECUTIVO, POR LEI, transfiram a data da nossa DATA MAGNA PARA 9 DE JANEIRO, assim, depois dos dispositivos legais, sim, passaremos a corrigir as distorções ora citadas. E já que estamos procurando concertar o passo, por que não criar um feriado no dia 24 de maio, quando também comemoramos 140 anos da INSTALAÇÃO DE NOSSA COMARCA?

Seria justo, uma vez que Bezerros padecia com a falta de uma Comarca, ora indo até Brejo da Madre de Deus, ora Vitória de Santo Antão, ora Bonito, e com a chegada da COMARCA NOS BEZERROS, tudo melhorou para o bezerrense que necessitava da assistência jurídica. Estou a disposição para um debate sobre o assunto.

Share

Conheça os novos acadêmicos da ALAOMPE

164926_386913094757521_451609399_n

Em noite de esplendor,  nesta última segunda feira, dia 13 de maio,  no átrio da Câmara Municipal de Bezerros realizou-se sessão solene da Academia de Letras Artes e Ofícios Municipais de Pernambuco, ocasião em que foram empossados os novos acadêmicos que passarão a compor o quadro associativos daquela instituição cultural com jurisdição no estado de pernambuco e com base territorial nesta cidade. A efeméride contou com inúmeras autoridades dentre elas o prefeito municipal Dr. Severino Otávio Raposo Monteiro…. (leia mais aqui)

Share

ALAOMPE EMPOSSA NOVOS ACADÊMICOS

Em noite de esplendor,  nesta última segunda feira, dia 13 de maio,  no átrio da Câmara Municipal de Bezerros realizou-se sessão solene da Academia de Letras Artes e Ofícios Municipais de Pernambuco, ocasião em que foram empossados os novos acadêmicos que passarão a compor o quadro associativos daquela instituição cultural com jurisdição no estado de pernambuco e com base territorial nesta cidade. A efeméride contou com inúmeras autoridades dentre elas o prefeito municipal Dr. Severino Otávio Raposo Monteiro,  o presidente da Câmara Municipal Dr. Nivaldo Santino, Secretária  da Educação, profª Ladjane Karla Lima, Gonçalo Henrique Costa – Pres. da Academia Amarajivense de letras Presidente da Academia de Letras de Gravatá – José Agostinho dos Santos.  O cerimonial transcorreu na perfeita ordem de acordo com as normas estatutária, tendo como destaque a outorga de diplomas de acadêmicos as seguinte pessoas : Maria Luciane da Silva, cadeira nº 34 – Patrono João de Almeida; Dr. João Ralph filho, cadeira nº 32 – Patrono José Antonio Liberato;  Elaine Maria dos Santos – cadeira nº 35,  Patrono Alípio Cavalcanti filho; Dr. Edgar Lino Ferreira, cadeira nº 31, Patrono Belarmino Maria Austregésilo Augusto de Athayde; Inaldo Muniz Ferreira, cadeira nº 33 – Patrono Eurico Alves Queiroz, Maura Viviane Torquato de Oliveira – Cadeira nº 36 – Patrono Dom Helder Câmara; Ozeias Caetano da Silva, cadeira nº 36 Patrono Onaci Souto de Andrade; Drª Ângela Maria Pontes dos Santos, cadeira nº 37 – Patrono Sivonaldo Mariano de Araujo; Adriana do Carmo de Oliveira, cadeira nº 38 – Patrono – Salviano Machado Filho e Marcos da Silva Gomes, cadeira nº 26 – Patrono – Balbina Maria da Silva.  Na mesma oportunidade também receberam diploma de sócios honorários : Vilma Monteiro Calvatto, Dr. Paulo Alves da Silva, Dr. Rinaldo Pacheco Vaz, Dr. Severino Otávio Raposo Monteiro, Desembargador Dr. José Antonio Amorim. A sessão  teve como objetivo primordial a homenagem a data magna da “Libertação da Escravatura – Dia 13 de maio”,  por este motivo houve a palestra do Acadêmico José Anchieta Antunes de Souza. Na oportunidade usaram apalavra, Ozeias Caetanos da Silva, falando em nome dos nos acadêmicos,  a acadêmica Dea Cirse Garcia Coirolo Antunes, saudando os recém admitidos e lançando grande proposta de emparceiramento  de evento binacional com edição de obras literárias de autores Uruguaios e Brasileiros onde poderão ser emparceirados os Municípios de Bezerros, Sairé, Gravata. A sessão de glamour realmente marcou data na história da cidade e do estado pelo elevado nível de performance, assim evidenciado em destaque  pelo orador representante dos acadêmicos admitidos. O presidente Elinaldo Xavier Costa, Anfitrião proferiu extenso discurso direcionado aos empossados e aos  homenageados e ao final deu por encerrados os trabalhos .

Share

ESCRITOR BEZERRENSE PARTICIPA DA MOSTRAPE-2013

jho-Célio Lima é filosofo poeta e ativista cultural. Neste final de semana ele participa da segunda edição da MOSTRAPE.

No sábado e domingo tem inicio “A TOURNÉE LITERÁRIA” Evento que vai passar pelo interior pernambucano especificamente nas cidades de: Vitoria de Santos Antão, Bezerros, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Arcoverde e Garanhuns.  A tournée conta com celebração, debates, lançamentos, música, recital, teatro. Entre outras atividades. São três os tipos trabalhados: “a celebração” que envolve um clima festivo e descontraído de declamações de poesia feitas em mesa de bar, “o show/recital” evento que visa a performance dos artistas, e o “recital/debate” onde ocorre além do recital e outras apresentações uma mesa de debate com o tema “ALTERNATIVAS PARA A CRIAÇÃO ARTISTICA”, onde vários criadores e ativistas culturais dialogam sobre possibilidades e trocas de experiências. Finalizando esse evento em si é uma parceria entre vários grupos artísticos como: A PLEBE POÉTICA, CAVERNA LITÁRIA, SARAU S/A, INMARGINAU, SOCIEDADE FILHOS DA PÁTRIA, ESCAMBO COLETIVO ETC.

-AGENDA:

18/05

-III SARAU S/A & LANÇAMENTO DO LIVRO: “SEM NINGUÉM”

(Pomas Pornofólogicos de  Célio Lima)

 SARAU S/A / SANTO ANTÃO MARGINAU… ( Blues, Poesia, Pirofagia, Pintura, Teatro… )
-BLUSA DE GRIFF / MESTRE ZIZO / RILDO DE DEUS / CÉLIO LIMA / BARTÔ / DAYANA SABÓIA
-KALLÍDIA THAISA  / PEDROZA ÔIO VERDE (PINTORES CONVIDADOS: JACK, FERNANDO. GUSTAVO FREE, JIMMY)

Local: Bar, Chiqueiro do Rock

– Vitória de Santo Antão-Pe. 

a partir  20:00Hs. e as 19/05

-LANÇAMENTO DO LIVRO: “SEM NINGUÉM”

(Pomas Pornofológicos de  Célio Lima)

(CELEBRAÇÃO COM SOCIEDADE FDP & A CAVERNA LITERÁRIA)

Local: Bar &  Restaurante Lá em Casa

-Bezerros-Pe.

a partir das 15:00Hs.

 

Share

Cultura Livre nas Feiras valoriza tradições locais

Em Bezerros, evento da Fundarpe acontece nesta sexta-feira, na Praça dos Tamarindos.
Beto Figueiroa
Beto Figueiroa Reisado do Mestre João Tibúrcio

O reisado, manifestação popular de origem portuguesa, que pertence ao ciclo natalino está quase extinto. Porém, na cidade de Garanhuns (agreste setentrional de Pernambuco), ainda existem em torno de seis grupos do brinquedo popular. Um deles, o Reisado do Mestre João Tibúrcio, fundado em 1960, poderá ser apreciado no domingo (19/5), às 9h, em Magano – Garanhuns, no Cultura Livre nas Feiras.

O projeto da Secul-PE e Fundarpe, que valoriza a arte local das regiões do estado promovendo eventos nas feiras livres passará, de 17 a 21/5 por Moreilândia, Afogados da Ingazeira, Petrolina, Serra Talhada, Custódia (Sertão); Paulista e Ipojuca (RMR); Gameleira e Goiana (Zona da Mata); Bezerros, Limoeiro, Caruaru, Surubim, Garanhuns, Bonito, Águas belas e Venturosa (Agreste).

Aproveitando o embalo do Festival Pernambuco Nação Cultural, que aportou em Caruaru no dia 14/5 e fica até 19/5, o Cultura Livre nas Feiras promove, no dia 18/5 (sábado), na cidade, recitais de poesia declamações e a apresentação do Boi Mirim do Mestre Gersino. Mestre Gersino levou a frente até o fim de sua vida o tradicional Boi Tira Teima, fundado em 1922.

Também vale a pena conhecer o grupo de dança Papanguarte, de Bezerros, que apresenta, no dia 17/5, às 9h30 as danças populares pernambucanas com as máscaras dos tradiconais papangus da região.  E o Coco de Pareia, em Goiana, dia 18/5, às 9h, fundado com o objetivo de resgatar as linhagens de antigos mestres goianenses e a variedade que essa manifestação popular possuía na região (Coco de Ganzá, Coco de Melê, Coco de Umbigada, Coco de Terreiro).

Bezerros
Feira Livre
Sexta, 17/05/2013

08:30h – Apresentação Música Romântica/Música
Lucas Silva
09:30h – Apresentação de Dança Popular/Dança
PAPANGUARTE – Bale Popular de Bezerros
10:00h – Apresentação Musical de Forró/Música
Trio Pé de Serra Zezé e Zezita

Veja mais aqui

Share

Bezerros sedia o festival Pernambuco em Dança

310279_612188335460347_1081867982_n

Nesta quinta e sexta feira Bezerros recebe o Festival Pernambuco em Dança.O evento está dentro da programação dos 143 anos de emancipação política da cidade e vai reunir espetáculos com os mais variados tipos e estilos de dança. Haverá um palco montado na Rua da Matriz, centro, com apresentações se iniciando às 19h30.Passando por diversos municípios de Pernambuco, o festival é uma realização do Governo de Pernambuco e chega a Bezerros reunindo com

panhias de dança profissionais, grupos, academias, escolas do gênero e manifestações culturais do estado. Nas apresentações o público também vai poder conferir o trabalho de grupos bezerrenses como o Balé Popular Papanguarte e o Folc Popular.Além das apresentações, o Pernambuco em Dança vai homenagear Ubiracy Ferreira e o Balé de Cultura Negra do Recife. Também recebem homenagens as divas da dança do ventre Lu Zambak e Hannah Costa, e Gab

riela Zonari, (in memorian) . Todos os homenageados receberão o Troféu e Diploma Construtores da Dança em Pernambuco.143 anosNo sabado, dia 18, A festa de emancipação política continua com os shows da banda Gatinha Manhosa e do cantor Walter Lins a Rua da Matriz a partir das 21h. Durante o dia haverá desfile com hasteameneto dos pavilhões, missa de ação de graças, apresentação

de grupos de cantoria e o corte do bolo no final da tarde, na Praça da Matriz, às 18h.

Share