SECRETÁRIO ESTADUAL DE AGRICULTURA ANUNCIA A CONSTRUÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS EM BEZERROS

Na tarde desta segunda feira, dia 13, o prefeito Branquinho recebeu em seu gabinete, o secretário de agricultura e reforma agrária, Nilton Mota, que veio a Bezerros anunciar medidas e início de ações na zona rural do município principalmente na questão de combate a estiagem que já dura seis anos, nesta região do estado. Como sempre o prefeito convidou secretários e vereadores, para que todos estejam cientes destas ações importantes, e se engajem na luta travada para acabar ou pelo menos amenizar o sofrimento da população rural de Bezerros. Outra figura de destaque na reunião foi o Deputado Federal, Danilo Cabral que não tem medido esforços para agilizar o mais rápido possível estas e outras ações do governo do estado em favor de Bezerros.

Dentre as medidas de combate à seca anunciadas, estão a perfuração de poços em toda zona rural com previsão de 10 poços em cada localidade, dependendo evidentemente das condições existentes, e inclusive já foi feito um estudo geológico antecipado. A perfuratriz dará início as perfurações, no distrito de Sapucarana e em seguida irá a Boas Novas, onde já se encontram máquinas agrícolas e caçambas para iniciarem amanhã a construção de um açude que irá abastecer parte do distrito. Branquinho aproveitou a oportunidade para solicitar do secretário a limpeza de uma barragem inativa no distrito de Cajazeiras e foi imediatamente acertado que esta ação ocorrerá paralelamente as outras que deverão estarem prontas até o final de março ou meados de abril.

Os vereadores presentes solicitaram aumento no número de carros pipa, mais caixas d’agua, poços nas margens do Brejão, e iluminação da BR 232; Danilo Cabral comentou que todas as visitas feitas a Bezerros, surgiram resultados positivos e Nilton Mota finalizou ressaltando que a aprovação de várias medidas e ações para Bezerros, deve-se a confiança e o prestígio que o prefeito Branquinho tem junto ao governador Paulo Câmara, por ter nele absoluta confiança, pelo seu modo responsável de gerir os recursos destinados ao município. Também foi pedido aos vereadores o acompanhamento das obras e medidas para que ao final de março estejam concluídas com serviço de qualidade. Aproveitando a oportunidade Nilton Mota anunciou ainda a ampliação do programa do leite e ainda a inclusão de Bezerros no Programa PA Alimentos.

É ilegal apreender veículo com tributos em atraso em uma blitz?

O vereador Gabeira (PP) provocou uma polêmica sobre a apreensão de veículos pelo Detran. Mas, afinal, o que diz os juristas sobre o tema exposto pelo vereador?

Muitos Estados brasileiros estão adotando a prática abusiva da apreensão de veículo como forma de coagir o cidadão a pagar os tributos devidos. Carro apreendido por IPVA atrasado é um abuso por parte da administração estatal e deve ser combatido com todos os meios jurídicos possíveis.

Se seu carro foi apreendido por dívidas com IPVA, você sabia que isso é um abuso e deve ser proibida tal prática? O ideal é andar com os impostos em dia, mas nesta crise, infelizmente, muita gente não consegue pagar as contas.

Continue lendo em jusbrasil

OS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

TRECHO PERIGOSO

O trecho da BR-232, que compreende o município de Bezerros, virou foco de várias investidas criminosas. Nos últimos meses foram inúmeras as matérias veiculadas pelo site sobre os assaltos que ocorrem com maior incidência no período noturno. As estradas vicinais e a falta de uma patrulha policial constante facilitam a vida dos bandidos. Os veículos de passageiros são abordados e levados para área deserta, onde o assalto é consumado. Cabe ao governo do Estado acionar as forças de segurança objetivando desarticular as quadrilhas que atuam nesta região. É um tema de segurança e  também de economia, já que o foco dos assaltantes são os consumidores que fazem compra no chamado polo da sulanca. Também não deve cair bem para o município esse título de insegurança sobre esse trecho da BR-232.

POVO DE SAPUCARANA 
Nos chamou a atenção durante a festa de Sapucarana uma faixa dos patrocinadores de uma das atrações da festa, a banda Calango Aceso. Plantadores de tomate e pessoas da comunidade bancaram a principal atração, o que levou um público bem numero à festa. Impressiona a força da população de Sapucarana em defesa da sua comunidade. Nesse sentido é importante unirmos forças no sentido de cobrar do governador Paulo Câmara agilidade quanto a sua promessa de pavimentação da estrada de acessos a vila.

TURISMO

O turismo de Caruaru foi colocado em xeque na última semana em matéria da Globo News. A reportagem evidenciou a falta de uma programação constante para entrar no roteiro de quem visita a cidade fora do período junino. O potencial da região foi lembrado e o município de Bezerros também foi citado no sentido de se trabalhar um turismo mais regionalizado. A crítica que se fez a Caruaru pode servir para Bezerros, que anda descuidada no aspecto visual. O município também deve incrementar melhor o seu calendário de eventos objetivando movimentar com mais eficiência o segmento do turismo.

BOA EXPECTATIVA

A Compesa já está concluindo um pequeno paredão no leito do Rio Serinhaém onde a água será represada e direcionada para um conjunto de bombas. A parte elétrica também está sendo cuidada e as bombas devem ser instaladas em breve. Uma fonte acredita que Bezerros receberá o produto precioso em tempo menor do que o anunciado. Seria um grande alívio.

CURTAS

O DETRAN em Bezerros sempre levanta polêmicas nas redes sociais.  Entendemos que os cidadãos tem que escolher o caminho da legalidade e não o do  jeitinho brasileiro. A revolta se dá porque o cidadão não ver o retorno dos impostos com tanta eficiência quanto as operações.

A Compesa mostrou claramente que tratou o abastecimento de Bezerros de forma negligenciada. A atitude da empresa quanto ao abastecimento de Garanhuns e Caruaru confirmou a nossa narrativa. O manancial do Prata, que abastece Caruaru, começará a receber água da transposição do Rio Pirangi, o que evitará o colapso.

O pessoal de Bezerros simpáticos a candidatura de Bolsonaro para presidente levaram para a rede social um forte debate ideológico. Mais uma vez ficou bastante visível a acidez que tomou conta do embate com grupos de esquerda, o que não é interessante.

>>>Seria interessante que alguns semáforos de Bezerros ficassem em posição de alerta após certo horário noturno.

>>>O facebook do bezerroshoje alcançou a marca dos vinte mil seguidores. Partem desta ferramenta cerca de 60% da audiência do site.

>>>No próximo sábado Bezerros realiza o seu Baile Municipal. Há uma expectativa positiva quanto a sua realização. Os ingressos já estão à venda!

DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

OS PALPITEIROS 

Entenda o caso

As redes sociais viraram um caldeirão de palpites, opiniões e debates, até aí tudo lindo, afinal é importante para a democracia e a evolução das pessoas aprenderem a se expressar. Mas a liberdade também merece ser melhor trabalhada para que o ambiente virtual não se transforme numa plataforma de problematizações vazias e perda de tempo.  As pessoas precisam atentar ao fato de que suas imagens podem sair arranhadas diante de verdades dos fatos que (para a nossa alegria) teimam vir sempre às claras.  Diante das redes sociais barulhentas,  a imprensa se torna alvo fácil desse tipo de patrulhamento, daí a importância em não dispensar uma pauta responsável. O bezerroshoje.com foi alvo desse tipo de ‘palpites’ quando um policial midiático acusou o veículo de ‘dar um tapa na cara da polícia e da sociedade’ por divulgar uma nova narrativa de um crime sem ouvir a polícia. Embora a matéria replicada tenha sido do Jornal do Commercio, a redação se sentiu forçada a pesquisar nos arquivos do Sistema Jornal do Commercio a entrevista de uma delegada só para desmentir a tese maliciosa propagada.

A ÁGUA

As obras que acontecem no Rio Serinhaém para acionar o sistema de tranposição das águas para Bezerros poderiam estar mais agilizadas. O Governo do Estado ( omisso na problemática do colapso no abastecimento) teria que dar um caráter emergencial, pois não é essa a visão de quem visita o canteiro da obra, que, inclusive, fica sem trabalhadores nos finais de semanas. Em São Paulo, quando o sistema Catareira chegou ao volume morto, o governo estadual providenciou em tempo recorde um sistema complexo de bombeamento. Precisaríamos de um governo que nos repassasse essa preocupação, afinal estamos diante de uma grande festa referência no Estado, que é o carnaval.

CÓDIGO DE ÉTICA

A imprensa local estuda propor regras para uma convivência pacífica entre os veículos. A ideia partiu do Renato,  que é responsável pelo perfil policial Bezerros 24h. Com as possíveis regras a serem acordadas um canal de comunicação, por exemplo, não poderia abrir espaço para que terceiros façam críticas a outro veículo. Direito de resposta também deve ser publicado no veículo da publicação de matéria que mereça a reparação.

ÁUDIOS VAZADOS

Alguns vereadores de Bezerros andam tão descuidados com diálogos no whatsap que já dão brechas para interpretações maliciosas na opinião pública, principalmente pelos comentaristas das redes sociais. Se continuar desse jeito (pode apostar) os assuntos vão virar pauta da imprensa nacional. O pior que os vazamentos partem dos ‘colegas’ vereadores que fazem parte do grupo de conversa e que querem por fogo nas disputas pelo protagonismo parlamentar.

CURTAS 

É fácil o Ministério Público comprovar o privilégio que se deu no abastecimento de áreas ricas em detrimento a ao abastecimento da cidade Bezerros. Basta ouvir trabalhadores dos luxuosos condomínios que eles darão as respostas.

É triste ver o Rio Ipojuca completamente seco em alguns trechos. O fato deve-se perincipalmente ao represamento das águas em pequenas barragens de particulares.

Embora tenha sido com objetivo para facilitar a locação de recursos e projetos no tocante ao abastecimento d’ água, o decreto de calamidade pública, assinado pelo município, não deixa de confrontar com a ideia de realização do carnaval.

Os pipeiros que vem a Bezerros semanalmente doar água acabam estabelecendo contato para serviços extras. Com o mercado inflacionado, a presença deles até ajuda a conter o preço, que já é alto, de um carro pipa.

Os padres de Bezerros estão a mil nas redes sociais. Missas dominicais e qualquer evento religioso contam com lives para o acompanhamento do público católico. A iniciativa é louvável porque demonstra que a igreja está antenada com as novas ferramentas de comunicação.

MP inquérito para apurar irregularidades no envio de águas para condomínios

O MPPE realizará diligências com a finalidade de colher provas, informações sobre a possível irregularidade no abastecimento de água do município e a aplicação das medidas cabíveis

Mesmo em colapso, barragem de brejão estaria abastecendo prives e hotéis de Gravatá e Sairé, ato que prejudicaria ainda mais o abastecimento em Bezerros”

A primeira e segunda Promotoria de Justiça de Bezerros, instaurou INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO CONJUNTO para apurar queixas de que a COMPANHIA PERNAMBUCANA DE ABASTECIMENTO (COMPESA) estaria enviando água do Sistema de Brejão para abastecer condomínios das cidades de GRAVATÁ E SAIRÉ, além de hotéis existentes nas duas cidades, o que segundo o MPPE penalizaria ainda mais a população bezerrense.

Os promotores Dr. Guilherme Vieira Castor (1ª Promotoria) e Dr. Flávio Henrique Souza dos Santos (2ª Promotoria) responsáveis pela curadoria da cidadania e consumidor, respectivamente, entenderam que a água é um bem indispensável aos seres humanos e que a COMPESA é a prestadora de serviços públicos responsáveis pelo serviços abastecimento e que por razão disto entenderam a necessidade de investigar os fatos narrados e encontrar a solução da problemática.

O MPPE realizará diligências com a finalidade de colher provas, informações sobre a possível irregularidade no abastecimento de água do município e a aplicação das medidas cabíveis.

Pernambuco Notícias

OS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

CONHECIMENTO

O bezerroshoje.com convocou a imprensa bezerrense para conhecer in loco o ponto de captação das águas que vão alimentar o sistema de transposição do rio Serinhaém. Localizado no município de Barra de Guabiraba, a 50 km de Bezerros, o rio será a garantia hídrica que o município precisa porque é perene. O diretor do bezerroshoje.com, Flávio Melo, avalia positivamente a visita, pois, segundo ele, a imprensa passa a ter conhecimento de causa quando for redigir matérias sobre o  tema. A Compesa nem sempre traz uma narrativa convincente sobre a situação  e por isso a importância deste acompanhamento.

MICO

O deputado federal Danilo Cabral gravou depoimento a respeito da crise hídrica que hora passa Bezerros. Ele justificou erroneamente que condomínios luxuosos continuaram recebendo água de Brejão porque a Compesa tentou abastecer a vila de Insurreição e que tais condomínios se localizam entre Bezerros e aquela vila que pertence a Sairé. O deputado comprou a narrativa dos gerentes regionais da companhia, que foram às rádios locais justificar o injustificável. Todos sabem que a maioria dos condomínios se localizam entre Insurreição e Gravatá e  não o contrário e que, portanto, a companhia de abastecimento continuou operando o  sistema mesmo decretando o colapso em Bezerros.

TENSÃO

O Diário de Pernambuco evidenciou o mal estar político em torno do colapso no abastecimento de Bezerros. O bezerroshoje.com já havia evidenciado que durante assinatura para a conclusão da transposição, o prefeito Branquinho (PSB) deixou transparecer o incômodo, porque, segundo ele, essa pauta já estava na mesa do governador cinco dias após sua posse à frente do Governo do Estado.

O CARNAVAL

Bezerros resolveu manter o carnaval mesmo com a grave crise hídrica que enfrenta. Fazer ou não fazer a festa se transformou em um de lema, uma verdadeira ‘faca de dois gumes’, pois há uma divisão de opinião. O importante que a festa aconteça a contento e para isso será preciso a sua inovação sem que isso represente aumento de gastos. Já há claramente uma necessidade de uma boa intervenção na estrutura da Folia do Papangu.

CURTAS

>>> O vereador Gabeira tem ganhado ganhado destaque ao cobrar e criticar a Compesa no tocante a transposição do rio  Serinhaém. Além de participar de entrevistas em rádios locais, o mesmo aproveitou para acompanhar veículos de imprensa em visita ao Serinhaém. O tema d´água é o da vez em Bezerros e supera até mesmo o carnaval.

>>>Profissionais de imprensa e até o vereador Gabeira empolgados com a riqueza hídrica do rio Serinhaém chegaram a tomar água do mesmo. Esqueceram os ‘nobres’ visitantes que o rio passa pela zona urbana de Barra, onde dejetos são lançados no leito do rio. Antes do consumo humano a água, obviamente, precisa passar pelo tratamento da Compesa.

>>> Pena não ter si confirmado o nome do Harmonia do Samba para o Baile Municipal. havia uma boa aceitação nas redes sociais, bem diferente do anúncio da banda Cheiro de Amor, que já fez o Baile com sucesso, mas sobre a batuda da ex-vocalista Aline Rosa.

>>> Faleceu neste domingo o Chico Ribeiro. Ele foi um dos grandes auxiliares do governo Lucas Cardoso e passou pelo governo Marcone e Bete sempre na área da infraestrutura. O velório acontece na Igreja de Santa Rita, bairro de Santo Amaro. A prefeitura de Bezerros resolveu cancelar prévia carnavalesca marcada para este domingo.

>>>Bezerrenses chegaram a ensaiar protesto para que a Compesa subsistisse seus gerentes regionais. As entrevistas que os mesmos deram as emissoras locais não foram convincentes e pouco precisas.

COLUNISTA DO DIÁRIO APONTA O PRESIDENTE DA COMPESA COMO O RESPONSÁVEL PELO COLAPSO NO ABASTECIMENTO

Maria Gibson do Diário de Pernambuco aponta em sua coluna deste sábado (28) o estresse político gerado pelo presidente da Compesa sobre o colapso no abastecimento d’ água de Bezerros. O bezerroshoje.com já havia identificado a tensão do prefeito Branquinho para com o presidente da Compesa, Roberto Tavares, durante visita do governador.

Estressão 
Rolou um estresse grande no Palácio das Princesas com o presidente da Compesa, Roberto Tavares. Há quatro meses, o governador Paulo Câmara (PSB) autorizou a realização de uma obra importante em Bezerros e ele não deu a menor importância.
Vejam só
Foi preciso Paulo Câmara ir a Bezerros para destravar a questão. Às vezes, presidentes de estatais se acham rei, atropelam a política e criam dificuldades nas bases.

Maria Gibson – Diário de Pernambuco

COMPESA PROMETE FECHAR TEMPORARIAMENTE ADUTORA QUE LEVA ÁGUA PARA GRAVATÁ

Atendendo solicitação do prefeito Branquinho, após reunião em Recife, o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA), Roberto Tavares, esteve nesta sexta feira, no gabinete da prefeitura de Bezerros, para dar explicações e também falar de novas ações emergenciais, que visam amenizar a grave crise de abastecimento de água no município; com as presenças do prefeito Branquinho, vice prefeito Breno Borba, vereadores e secretários da gestão ouviram atentamente todas as palavras de Roberto e do Deputado Federal, Danilo Cabral, também presente à reunião como representante majoritário na cidade.
De posse de um mapa do estado Roberto comentou sobre todas as cidades que se encontram em colapso de abastecimento em Pernambuco e em seguida elencou algumas das ações que serão implantadas desde já para diminuir as dificuldades dos bezerrenses em conseguir água potável para suas residências: além da transposição do rio Serinhaém e da duplicação da capacidade da ETA Bezerros, serão criados mais 06 pontos de captação de água em bairros da cidade, mais carros pipa, cisternas e caixas de 10 mil litros que já se encontram em alguns bairros periféricos de Bezerros. Mas a principal notícia anunciada foi o bloqueio do registro que libera água para Insurreição e condomínios de Gravatá, ação esta que foi solicitada como prioridade pelo prefeito Branquinho e os vereadores presentes no encontro, e a água do manancial do Brejão passa a ser só de Bezerros; disse ainda que em breve Bezerros terá 04 mananciais de abastecimento e será um dos municípios privilegiados em Pernambuco.
Respondendo algumas perguntas de repórteres e vereadores, Tavares falou sobre limpeza do Brejão, plantadores que tiram água do manancial, poços, adutora e tranquilizou a população, garantindo para hoje à tarde a reabertura dos chafarizes, fechados desde ontem devido um problema na rede de distribuição. Encerrada a reunião foram a uma emissora de rádio da cidade e repassaram de forma transparente a população sobre estas ações, e o Deputado Danilo Cabral disse que até o dia 10 de janeiro chegará a Bezerros uma perfuratriz de poços para os moradores da zona rural, onde já foram definidos os locais para perfuração dos mesmos. O prefeito Branquinho agradeceu aos presentes e tranquilizou a população garantindo todo esforço do governo estadual, para que a situação não se torne mais grave. Já os vereadores estarão fiscalizando pessoalmente todas estas ações e o que se espera é que antes do mês de junho já tenhamos a obra do Serinhaém concluída, conforme comentário de Danilo Cabral, ao locutor do programa radiofônico.

Da Assessoria PMB

Defesa Civil envia relatório sobre as barragens do Brejão e Jucazinho

As barragens do Brejão e Jucazinho, foram visitadas nesta terça feira, dia 24 de janeiro, pela Defesa Civil do município, que fez um relatório, a ser enviado ao Ministério da Integração Nacional, com a finalidade de se conseguir recursos emergenciais, que serão aplicados na distribuição e volume do abastecimento d’agua, que passa por grave crise, na região Agreste do estado de Pernambuco. Constatado e justificado no relatório da Defesa Civil,  a capacidade de   apenas 5% no Brejão e o colapso total em Jucazinho.

No relatório o coordenador de Defesa Civil, Jackson Santos faz uma análise de toda situação desde o início deste grave problema que aflige a região, principalmente a cidade de Bezerros, que já se encontra com o abastecimento suspenso pela Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) responsável direta pelo abastecimento municipal; a COMPESA,  está abrindo chafarizes por toda cidade e caros pipa deverão chegar a qualquer momento para minimizar a seca. Além disto, o governo estadual autorizou o início das obras de transposição do Rio Serinhaém, que já havia sido solicitada pela gestão municipal desde 2015, e enquanto isso segue a estiagem no Agreste pernambucano, que já dura  cinco anos.

Da Assessoria

COMO ASSIM PRODUÇÃO: ESTÁ EM COLAPSO, MAS RUAS, VILA E CONDOMÍNIOS CONTINUAM A RECEBER ÁGUA?

A polêmica sobre o abastecimento em Bezerros só aumenta e a Compesa é totalmente responsável pelas queixas constantes da população junto aos veículos de comunicações locais. Como se anuncia um colapso do sistema se algumas ruas em Bezerros ainda recebem água na rede de distribuição? Como a população vai acreditar na informação do colapso se o sistema Brejão continua abastecendo a vila de Insurreição e condomínios de luxo em Gravatá? Como passar tranquilidade para esta mesma população se nos pontos de distribuição (chafarizes) não há o mínimo de controle para evitar os abusos já denunciados?

E pela informação que a redação obtém de uma fonte (a qual preservaremos) todas as questões levantadas acima passam a ter sustentação de fato. É importante destacar que o próprio prefeito do município pediu intervenção do Ministério Público para que proceda uma investigação. Abrimos espaço para que a companhia de abastecimento se posicione oficialmente. Email pode ser enviado à redação para bezerroshoje.com@gmail.com

PREFEITO ACIONA MINISTÉRIO PÚBLICO PARA FISCALIZAR COMPESA

Prefeito se reuniu com os dois promotores públicos de Bezerros

Branquinho recorre ao MPPE e pede para fiscalizar Compesa

O Prefeito de Bezerros (PSB), Severino Otávio esteve hoje pela manhã reunido com os dois promotores, para fazer reclamação da Compesa sobre uma denúncia de populares que se queixaram, pois a água fornecida pela Barragem de Brejão estaria ainda sendo fornecida para as residências dos condomínios em Gravatá.

Diversas pessoas se utilizaram da rede social para fazer a sua manifestação, perfis estariam organizando uma manifestação pelas ruas da cidade, que não foi realizada. Outros populares estão ameaçando ainda essa semana, paralisar a BR 232 com pneus, para alertar as autoridades políticas do estado, sobre a situação caótica que passa o município. Diversas pessoas divergem ainda sobre a realização do carnaval, o dilema permanecerá até que chegue o carnaval, parte das pessoas vislumbram a movimentação econômica que a cidade passa na semana carnavalesca, outros acham que o evento não deveria ocorrer até que a situação melhorasse.

O prefeito teria pedido ao MPPE, que o ajudasse a investigar a permanência desse fornecimento para a cidade de Gravatá. Outra situação a ser vista pelas autoridades é a comercialização de diversas pessoas, que estão utilizando seus reservatórios nos locais de apoio, para encherem e vender pelas ruas da cidade. A Barragem do Brejão apenas passou por esse colapso na década de 90, quando a cidade chegou a receber água através de trem, que vinha da capital pernambucana, além de pipas que eram fornecidos da cidade de Barra de Guabiraba. Na ocasião o prefeito Lucas Carlos (falecido), teria buscado a transposição do Rio Sirinhaém. O problema é que obra não saiu do papel, diantes de diversos prefeitos. Recentemente o governador Paulo Câmara veio assinar recomeço da estação, o problema é que apenas quando o caos foi instalado, já que o prefeito vinha alertado o estado e a Compesa desde 2015.

Fonte: Bezerros Agora

VEREADOR GABEIRA LEVANTA POLÊMICA SOBRE A COMPESA EM BEZERROS

População de Bezerros faz uso de chafarizes

O prefeito Branquinho (PSB) teria disparado mensagens de celular para o governador Paulo Câmara, o presidente da Compesa e também para os deputados votados em Bezerros Waldemar Borges e federal Danilo Cabral sobre a mais nova polêmica envolvendo o colapso no abastecimento, informou o vereador Gabeira (PSD). O prefeito ficou contrariado ao ser informado pelo vereador que a Compesa continuou operando o sistema que leva água para Insurreição, distrito de Sairé, e condomínios de Gravatá mesmo após anunciar o colapso no abastecimento de Bezerros. Segundo o vereador a informação deve ser levada ao Ministério Público.

DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

FISCALIZAÇÃO

A Compesa ou a Prefeitura de Bezerros devem fiscalizar os chafarizes instalados em pontos estratégicos a disposição da população. É que tem pessoas espertas que levam caminhões com caixa d’água e até ‘bombonas’ que geralmente são vistas comercializando água pela cidade. É preciso estipular um limite de armazenamento por pessoa, pois não é justo que um chafariz seja ocupado por mais de 30 minutos, que é tempo que leva para encher uma caixa d’ água de mil litros. A corrida para os chafarizes está apenas começando.

DINÂMICA

Há uma expectativa no governo Branquinho quanto a uma reforma administrativa em curso que promete dar o devido peso político-administrativo a cada setor da administração. Essa mudança nada mais é que instituir no governo o respeito a hierarquia, fazer valer de fato a estrutura política governamental começando pela Secretaria de Governo. Há hoje no governo Branquinho uma espécie de ‘ilhas’, um modelo que precisa ser superado para que o governo possa mostrar a cara de fato, imprimindo uma linguagem única. Se não vingar teremos mais do mesmo nos próximo quatro anos.

O VALOR DA ÁGUA

Leito do rio Ipojuca sem água – arquivo Dezembro 2016

A reunião promovida pela APAC ( Agência Pernambucana de Águas e Climas) em Bezerros chama a atenção para o grave problema ambiental e também de saúde pública que muitos ribeirinhos enfrentam por dependerem do Rio Ipojuca. O rio parece morto, mas representa fonte de renda, através da extração de areia e irrigação de lavouras e capinzais.  Nos chama a atenção a disputa pela água suja que ainda corre no leito do rio proveniente dos esgotos doméstico das cidades. Muitos ribeirinhos represam a água prejudicando outros no rio abaixo sejam ‘beneficiados’.  A água mesmo altamente poluída representa fonte de renda para os moradores. O problema é o alto grau de contaminação que ela representa.

OS PRÓS E OS CONTRAS

Fazer ou não o carnaval diante do colapso do abastecimento d’ água  é uma faca de dois gumes para a gestão municipal. Quem não gosta da festa  critica o governo nas redes sociais por mantê-la, mas para aqueles que dependem dela para movimentar o seu comercio são favoráveis. Como vivemos em época do ‘mi mi mi’ nas redes sociais quaisquer que seja a escolha a polêmica estará garantida.

ANIMADO

Manoel Melo, candidato a vereador nas últimas eleições, continua firme na luta. Ele anunciou neste domingo o bloco de carnaval Coadjutor Folia, ano I, que pretende realizar junto a amigos e moradores no sítio que leva o nome do bloco. A troça terá concentração na zona rural, mas o destino será mesmo o centro da cidade no domingo de folia. O percurso é de 5 km. Haja animação!!!

CURTAS

A violência no entorno da Festa de Bonito deve servir de lição para o período de carnaval. A logística não pode apenas está restrita a área da festa, mas também nas saídas da cidade e rodovias.

A atração que acabou se confirmando para o Baile Municipal é a mesma que foi contratada na edição de 2015, Cheiro de Amor.  Na época, a banda arrastava multidão porque quem estava no vocal era a cantora Aline Rosa.

A prefeitura de Bezerros vai dispensar o banho de carnaval na Rua da matriz durante o carnaval. A medida é mais para evitar o ‘mi mi mi’ na rede social que a economia d’ água propriamente dita.

O bezerroshoje mostrou sua pauta alertando sobre os sinais claros que Brejão dava em relação a realidade colapso vivido na atualidade. O veículo sempre defendeu as pautas dos bezerrenses.

BEZERROS COMEMORAVA EM 2015 MANANCIAL COM SUA CAPACIDADE MÁXIMA

Em nosso arquivo, encontramos o registro da barragem que abastece Bezerros com sua capacidade máxima, agosto de 2015. Em setembro de 2015, com o colapso do sistema Jucazinho, o manancial assumi completamente o abastecimento de Bezerros e Gravatá.

No ano anterior, em outubro de 2014, o manancial chegou a registrar 40% de sua capacidade, mas restabeleceu nos meses posteriores. Na época, vale destacar, o sistema Brejão dividia o abastecimento de Bezerros e Gravatá com Jucazinho.

O bezerroshoje.com publica algumas manchetes numa demonstração clara que defendemos a pauta que interessa aos bezerrenses.

Reportagem 09/08/2015

VEREADORES ELEITOS ACOMPANHAM O PREFEITO BRANQUINHO EM VISITA AO BREJÃO

VÍDEO MOSTRA ATUAL SITUAÇÃO DA BARRAGEM DE BREJÃO

SITUAÇÃO DE BREJÃO É PREOCUPANTE

BREJÃO JÁ PREOCUPA BEZERROS; MANANCIAL TEM 50% DE SUA CAPACIDADE

POLÍCIA FISCALIZA BREJÃO PARA EVITAR USO INDEVIDO DE ÁGUA

SEM BREJÃO, BEZERROS ESTARIA EM COLAPSO NO ABASTECIMENTO

ÁGUA DE BREJÃO PODE REPRESENTAR ECONOMIA PARA FAMÍLIAS DE BEZERROS

COMPESA: COM O COLAPSO DE JUCAZINHO, BEZERROS PASSA ‘A DIVIDIR’ BREJÃO COM GRAVATÁ

 

DOS BASTIDORES DA POLITICA DE BEZERROS

A TRANSPOSIÇÃO

Clique para ver reportagem da TV Globo

Se a Compesa não tivesse negligenciado o abastecimento de Bezerros, a retomada do projeto Serinhaém teria se dado há um ano quando o manancial de Brejão ainda estava com sua capacidade hídrica preservada. Afinal, os sinais da forte seca já tinha atingido Jucazinho, construída para ser a ‘redenção’ do agreste. O próprio prefeito Branquinho (PSB) lembrou ao governador que essa pauta foi entregue em suas mãos cinco dias após  assumir o Palácio do Campo das Princesas e  culpou a Compesa que protelou o projeto por questões técnicas. A transposição, como ficou bem claro, é uma obra estratégica porque ela garantiria uma segurança hídrica evitando a parada total do sistema. Como ficará pronta só daqui alguns meses nos resta torcer para que as chuvas caiam na região ou que o Estado, pelo menos, nos ofereça uma logística mais arrojada para a distribuição d’ água através de chafarizes e caminhões pipas. Infelizmente também não podemos contar com o trem d’ água porque o nosso modal de transporte ferroviário já não existe mais.

FALTOU ATENÇÃO

Os deputados mais votados em Bezerros, Waldemar Borges e Danilo Cabral, soltaram notas em suas redes sociais sobre a obra da transposição. Os representantes de Bezerros acordaram tarde sobre o problema porque já estamos em colapso. Waldemar inclusive já veio a Bezerros e visitou in loco o ponto de capitação da água no Rio Serinhaém. O deputado tinha, portanto, conhecimento da boa causa que Bezerros almejava. Agora é torcer que a obra seja concluída mesmo se a chuva voltar a cair na região restabelecendo o manancial de Brejão.

CARNAVAL SENDO PLANEJADO

Segundo uma fonte, o prefeito Branquinho (PSB) teria achado prematuro qualquer menção sobre cancelamento do carnaval da cidade, o 3º maior Polo de Folia de Pernambuco, por conta do colapso no Sistema de Abastecimento d’ água. Há cerca de 40 dias da festa, o município continua com todo o planejamento para a folia. Artesãos reforçam a produção de mascarás e outros adereços. O maior lucro se dá justamente durante a folia de momo.

EMERGENCIAL: Segundo o presidente da Compesa, Roberto Tavares, as medidas emergenciais devem-se a disponibilização de carros pipa e a colocação de cisternas de 10 mil litros para que as pessoas possam se servir em pontos espalhados pela cidade. Também não se deve descartar a possibilidades de chuvas até la, comentou a fonte.

IMPRENSA – VISITA

O bezerroshoje.com conhece o manancial de Brejão e por isso já fez várias matérias sobre o sistema de abastecimento de Bezerros. Em 2003 denunciamos ligações clandestinas na adutora, acompanhamos protestos na BR dos moradores e também esclarecemos questões sobre o procedimento de tratamento das águas de Brejão e Jucazinho. ‘Todos’ reclamavam da salinidade presente e julgavam erroneamente que a água cristalina de Brejão era enviada para Gravatá quando na verdade havia uma mistura na Estacão de Tratamento.  Outra abordagem do site diz ao fato que com a paralisação do Sistema Jucazinho a mesma quantidade d’ água continuou sendo enviada para Gravatá.

Precisamos agora conhecer o Rio Serinhaém e convidamos o secretário de Governo Josevânio Miranda e demais representantes de blogs locais para nos acompanhar a breve visita que será agendada em breve.

MISTURANDO

Muitos colaboradores da gestão municipal devem se conter quando forem defender o governo sem o devido conhecimento ou autorização. Toda resposta deve partir da Assessoria de Comunicação, que existe justamente para isso. Um coordenador da Defesa Civil tem travado uma verdadeira guerra nas redes sociais com muitos internautas. A verborragia sobrou até para o bezerroshoje por ter tratado o caso do colapso no abastecimento como negligência da Compesa. E foi!!!

CURTAS

Muitas pessoas falam bobagens sobre o sistema de abastecimento d’água da cidade porque não o conhece. Muitos discursos nas redes sociais são vazios.

O prefeito Branquinho destacou o projeto Minha Casa Minha Vida, que teve a liberação das obras pelo Governo Federal. Segundo o prefeito, foi o único projeto liberado para a sua continuidade pelo governo. Cem trabalhadores foram convocados para a finalização dos trabalhos.

O prefeito Branquinho ‘bateu’ de frente com  o presidente da Compesa pelo projeto de transposição travado há dois anos e levou sua insatisfação não só aos deputados Danilo Cabral e Waldemar Borges, mas ao próprio governador.

O deputado Waldemar Borges teria perdido o apoio politico do prefeito de Sairé, Fernando Pergentino, por falta de atenção aquele município. Em Bezerros a história é que Waldemar se dedicou mais a Gravatá onde frequentemente passa os finais de semana.

Ninguém percebeu, mas a CDL Bezerros não realizou nenhuma promoção de final de ano para animar as vendas no comercio.  Em Gravatá a Associação Comercial garantiu a promoção anual com sorteios inclusive de veiculo.

PERGUNTAR NÃO OFENDE: Por que a Compesa não entrou numa operação padrão quando viu que o manancial de Brejão estava indo ao colapso?

TRANSPOSIÇÃO É OBRA ESTRATÉGICA, NÃO EMERGENCIAL

Vinda do Governador não muda a realidade anunciada do colapso no abastecimento

Rezem para São Pedro mandar chuvas a tempo ou teremos dias caóticos daqui para frente. A vinda do Governador Paulo Câmara a Bezerros não vai mudar o nosso destino previsto. Veremos muito em breve cenas de uma população com sede em busca de míseros baldes d’ água em todos os recantos da cidade. Uma reprise de um filme de terror vividos pela população no final da década 90.

A Compesa negligenciou o abastecimento de Bezerros mesmo com o alerta da imprensa local há quase seis meses. A obra que se anuncia hoje deveria ter sido feita há um ano, o que garantiria uma segurança hídrica mínima possível.

Da Redação

DO BLOG DO MAGNO: ” “A crise econômica que assola o País impediu que a solução estruturadora definitiva, que são a Transposição do Rio São Francisco, junto à Adutora do Agreste”

Com o compromisso de minimizar os impactos causados pela estiagem na Região Agreste de Pernambuco, o governador Paulo Câmara autorizou, hoje, o início das obras para a Transposição do Rio Sirinhaém para o Sistema Brejão, responsável pelo abastecimento do município de Bezerros. Antes, o chefe do Executivo estadual realizou uma vistoria na Estação de Tratamento Água – ETA, local onde foi realizado o evento. O Governo do Estado investirá R$ 2,1 milhões de recursos próprios na intervenção, que entrará em operação até julho deste ano e beneficiará 50 mil pernambucanos. O chefe do Executivo estadual destacou que o empreendimento dará uma nova qualidade de vida para os moradores da região.

“Esta é uma obra importante e necessária em um momento como esse, de crise no abastecimento de água no Agreste. Buscamos, nos próximos quatro meses, dar uma nova qualidade ao abastecimento de água de Bezerros e, consequentemente, à população”, afirmou Paulo Câmara, enfatizando que, embora a obra não resolva o problema por completo, ela vem como alternativa para minimizar os danos causados pela seca.

Câmara pontuou que foi a Bezerros não somente para autorizar o início da intervenção, mas para se solidarizar com os municípios do Agreste que têm passado dificuldade com relação à água. “A crise econômica que assola o País impediu que a solução estruturadora definitiva, que são a Transposição do Rio São Francisco, junto à Adutora do Agreste, fizessem com que a água já estivesse nas torneiras da população, mas essa intervenção amenizará o problema”, concluiu.

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, ressaltou o esforço do governador em tentar reduzir os danos de seis anos consecutivos de seca no Estado. “Mesmo diante de uma crise econômica, o governador Paulo Câmara tomou a decisão de fazer essa obra emergencial com recursos próprios. E vamos trabalhar para que essa intervenção seja feita no menor tempo possível”, afirmou. O gestor destacou, ainda, que, além de garantir água nas torneiras da população de Bezerros, as obras vão gerar mais emprego e renda para o município. Satisfeito com a autorização do início das obras, o prefeito de Bezerros, Branquinho, acredita que o equipamento será um alento a curto prazo para a população. “A Transposição do Rio Sirinhaém é fundamental para melhorar a qualidade de vida do povo, mesmo que não seja em definitivo”, afirmou.

Para que o empreendimento seja implementado, está prevista a recuperação das partes físicas de uma Estação Elevatória de Água Bruta (EEAB) do Rio Sirinhaém, com a instalação de dois grandes conjuntos de motores-bombas, além da implantação de uma subestação elétrica. A estação elevatória vai captar água da bacia do Rio Sirinhaém, que será transportada por uma adutora de nove quilômetros de extensão já existente, com uma vazão de 110 litros de água por segundo, para reforçar Brejão.

Durante o ato de assinatura, Paulo Câmara também anunciou o investimento de R$ 8,5 milhões dos governos federal e estadual para a melhoria da ETA da cidade agrestina. A unidade terá a capacidade de tratamento ampliada, passando de 160 l/s para 370 l/s. “O aumento da capacidade é uma preparação para quando a Adutora do Agreste ficar pronta. Até o fim deste ano, essa obra estará pronta para a população de Bezerros”, assegurou Roberto Tavares. Mesmo com previsão de operação de sua capacidade total para dezembro de 2017, a obra terá continuidade, de acordo com o presidente da Compesa. Até junho de 2018, será implantado um sistema de tratamento de efluentes, que vai tratar 100% dos rejeitos gerados pela própria ETA de Bezerros.

A modernização da unidade se deve à construção de de novas unidades de filtração, adaptações no canal de chegada de água bruta e na unidade de decantação e implantação de novas instalações para desinfecção. O aumento da capacidade de tratamento permite que, no futuro, a unidade receba água de Jucazinho, quando a barragem recuperar o seu volume.

Também estiveram presentes no evento o secretário interino de Desenvolvimento Econômico, Guilherme Gondim; o chefe de Gabinete do Governador, João Campos; o deputado federal Danilo Cabral; os deputados estaduais Waldemar Borges e Eriberto Medeiros e prefeitos da região.

GOVERNADOR DEVE VIR A BEZERROS NESTA SEXTA-FEIRA PARA TENTAR SOLUCIONAR PROBLEMA DE ABASTECIMENTO D’ ÁGUA

Governador foi acionado para resolver o problema já comunicado anteriormente

Obras da transposição do Rio Serinhaém para resolver o problema estará na pauta de Câmara.

Após a repercussão da imprensa e também no meio político, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), deve vir a Bezerros nesta sexta-feira (11) onde fará visita a Estação de Tratamento d’ Água (ETA), que passou por recente ampliação. O governador também conhecerá in loco o sistema Brejão e deve assinar a ordem de serviço para que a Compesa conclua o sistema de transposição do Rio Serinhaém. A informação foi repassada pelo secretário de Governo Josevânio Miranda. Segundo ele, a visita do governador deve acontecer no período da tarde, por voltas das 15h.