BEZERROS PASSA A CONTAR COM Mr. MIX; CONFIRA IMAGENS DE INAUGURAÇÃO

10857999_10203996510687475_6830528988482729717_n
Com mais de 40 lojas só em Pernambuco, a Mr Mix quer inovar e vai apostar na qualidade de um produto conhecido nacionalmente.

O bezerroshoje.com foi conferir a Inauguração do Mr. Mix. Um local harmonioso e de excelente qualidade onde você encontra variedades de milk shakes, sovertes, sanduíches. O Mr. Mix está localizado próximo a Praça Duque de Caxias, centro de Bezerros. Clique nas imagens para conferir

Share

EMPREENDIMENTO: A PROFESSORA QUE RESOLVEU SE ESTABELECER EM BEZERROS

EMPREENDIMENTO
Clique na imagem

ENTREVISTA COM AS EMPREENDEDORAS Profª Margareth Mayer, professora aposentada da Universidade Federal Rural de Pernambuco, e Dra Virginia Appleyard, professora e pesquisadora da Universidade de Dundee, na Escócia, proprietárias da CONSTRUTORA SANTO LAR.

Por que Bezerros? Apaixonei-me pela Serra Negra. Vendi uma casa que tinha em Tamandaré e construí um espaço na serra. E comecei a pensar no meu projeto para a aposentadoria, que teria de ser aqui, pois quero vir de mudança para cá. Então, criamos a CONSTRUTORA SANTO LAR, que já tem sede em Bezerros. Alugamos um espaço na R. Deoclécio Leão, nº 125- bairro de São Sebastião. Ainda estamos arrumando o local que em breve estará aberto ao público.

Para nosso primeiro empreendimento escolhemos o bairro do Alto do Retiro. Achamos que esse é o futuro bairro nobre da região. Ali se encontra o Condomínio Rei Davi, que promete ser de alto gabarito e, na Serra do Retiro, está sendo construído um hotel de luxo com 245 apartamentos. O Alto do Retiro foi o local escolhido para os dois blocos de apartamentos que estamos construindo e que chamam a atenção pelo bom gosto e qualidade.

Profª Margareth, o que levou duas professoras universitárias com mestrado, doutorado e carreiras acadêmicas bem sucedidas a uma mudança tão radical de atividade? De minha parte não houve nenhuma mudança. Posso dizer que sempre estive envolvida em construções. Construí o sonho da minha primeira casa própria. Foi em Aldeia, em um condomínio fechado. Como não tínhamos dinheiro suficiente para terminar a obra fomos morar na casa antes de terminar. Só para você ter uma ideia a casa só tinha janela do lado da chuva, não tinha reboco etc. Naquele tempo, 1979, não havia a violência que existe hoje. Então, fomos terminando a casa ao longo do tempo. Depois veio uma casa em Tamandaré. O mesmo processo, inacabada. Mas nos divertíamos muito lá e as obras estavam sempre acontecendo. Quando a violência chegou por lá vendi a casa e comprei um terreno em Serra Negra. O dinheiro da casa não dava para muita coisa, então iniciamos a casa em 2002 e até hoje ainda construímos. A casa de Aldeia troquei por um apartamento antigo que eu reformei. Procurei um arquiteto para fazer o projeto da reforma, mas o que ele cobrou não cabia no orçamento, então planejei e executei a obra, e ficou bom. Portanto, terminou que peguei gosto e construir se transformou em um hobby, já que faz mais de trinta anos que eu construo sempre alguma coisa. Agora estou transformando o hobby em uma fonte de renda. Virginia e eu nos conhecemos há mais de trinta anos quando trabalhávamos na UFPE. Ela agora está voltando ao Brasil, pois vai se aposentar. Quando propus a ela uma sociedade, ficou muito entusiasmada com a ideia de uma empresa cujo espírito é “Vender Confiança”.

Como assim “Vender Confiança”? Quase não existem no mercado apartamentos com excelência, qualidade e beleza para as classes B, C e D. Os imóveis populares, em geral, têm péssima qualidade e acabamento de 5ª categoria. Vemos isso todo o dia nos noticiários. Pessoas que empregam todas as suas economias e seus esforços no sonho da casa própria e, de repente, veem esse bem desmoronar em consequência da ganância e da irresponsabilidade de quem os construiu. E ficam na

rua. Nós garantimos a certeza, a partir de documentação fotográfica e laudos técnicos, que isso não vai acontecer com nossos imóveis. E como você pode notar no relato sobre minhas construções, eu sempre busquei aperfeiçoar e embelezar a minha casa, que é o lugar em que eu me sinto melhor, é o meu lugar no mundo. É esse sentimento que eu quero que nossas casas inspirem em seus compradores.

Mas só a segurança não justifica o acabamento de luxo e o espaço interno dos apartamentos! Nós pensamos que a casa própria deve ser um lugar bonito, feito para se sentir bem, ter conforto e ser feliz. Só rico tem direito ao conforto? Não! Achamos que ter, por exemplo, um quarto de dormir com espaço suficiente para colocar um guarda-roupa amplo e mesas de cabeceira para colocar uma luminária que permitam ler na cama, área de serviço separada da cozinha, suíte no quarto do casal, são itens que podem e devem ser oferecidos às pessoas com menor poder aquisitivo.

Mas isso não encarece muito o imóvel? Depende de onde se compre o material. Esse é o grande desafio e, em minha opinião, o que mais me atrai em construir. É um exercício mental buscar alternativas de qualidade e beleza com preços razoáveis. Foi isso que sempre busquei nas casas que construí. Como nunca contei com muito capital e nunca pude pagar nenhum profissional para acompanhar a obra, essa tarefa sempre sobrava para mim. Então, terminei aprendendo muita coisa com os erros e acertos. Agora é diferente, temos profissionais que orientam a obra. Mas sempre sou eu quem escolhe o material a ser usado e que discute com eles a estética e funcionalidade dos ambientes que tem de ser coerente com a missão da nossa empresa que é unir qualidade, segurança e beleza com o menor preço possível.

O objetivo de toda empresa é o lucro! Vocês não querem lucro? Claro que queremos! Mas queremos o lucro garantido. Não de um imóvel ou outro, mas de uma série de imóveis que serão vendidos assim que forem lançados. Queremos uma fila de pessoas esperando para comprar nossos imóveis porque tem certeza de que estão adquirindo um bem que não vai gerar problemas nem prejuízos. Esse é o nosso objetivo: construir uma reputação que nos garanta o lucro. É outra forma de olhar para lucro. Muito mais certa e duradoura.

Existe mercado para apartamentos em Bezerros? Por que não? Apartamentos oferecem vantagens, por exemplo, em relação à segurança. A violência está batendo na porta de todos… Além disso, o Alto do Retiro é realmente um bairro que tende a se tornar nobre. Além do clima agradável e paisagens belíssimas, já dispõe de saneamento, não há falta de água, e o projeto para a pavimentação do acesso já foi prometido pelo prefeito. Nossos apartamentos também podem ser vistos como um investimento, especialmente se for levado em consideração que por R$ 140.000,00 o comprador está adquirindo um imóvel pronto para morar e de alta qualidade. Em loteamentos no entorno de nosso prédio, um lote chega a custar quase R$ 100000,00. Os gastos são bem maiores se falarmos em custo de terreno + construção.

A “Santo Lar” tem outros projetos a curto e médio prazo? No momento estamos finalizando o primeiro bloco de um conjunto com dois blocos de apartamentos. No próximo bloco haverá um apartamento preparado para pessoas com necessidades especiais. Pretendemos construir mais duas casas e um condomínio no Alto do Retiro.

Share