CIDADE SEM PASSADO, É CIDADE SEM PRESENTE E SEM FUTURO

Muito se fala do passado de nossa cidade, histórias e estórias contadas todos os dias por viventes do passado e pelos documentos históricos, que registraram momentos vividos pelos nossos antepassados, Bezerros, referência na cafeicultura, através da Serra Negra, da Literatura e do Teatro, dos meios de comunicação, jornais e periódicos que circulavam na cidade, tudo isso e muito mais transformaram nosso município em referência para o estado e o Brasil, com filhos ilustres e moradores despontando para o cenário político, caso de Café Filho, presidente, que residiu na rua Cel. José Pessoa, extensão da rua da Matriz, Samuel Filho na Nasa, J. Borges e suas Xilogravuras, todos estes dando sua contribuição para o reconhecimento de cidade pioneira, em todas as áreas e aspectos, na construção do primeiro edifício e pairando na aviação com seu ultraleve o senhor Liu, contudo, a defesa dessa história vem agraciada do trabalho incansável do mestre Ronaldo Souto Maior, que insiste, mesmo sem recursos, digo, de apoio e até financeiro, com suas posses, reitera o seu compromisso de manter viva a história de nosso torrão querido, debruçando-se sobre documentos históricos, nos presenteando com dois livros maravilhosos, que retratam e registram em definitivo uma parte considerável da evolução da nossa municipalidade, fiel defensor da correção de erros cometidos com o tempo, e temeroso por sua partida, e junto todo o material adquirido até hoje, o que pode deixar a todos órfãos de seu conhecimento e vasto material coletado, fica o instituto histórico desamparado, sem até hoje ter um espaço, físico e sentimental, para pesquisa e exposição de seu conteúdo, esperamos que o mais cedo possível, alguma autoridade ou filho ilustre, de posses, doe a cidade, a sua história, para que possamos garantir o nosso futuro, através do passado, dias melhores para nossa história, pois merecemos, e sonhamos com o dia que mais abnegados como o professor, possam descruzar o braços, e dar a sua contribuição para que nada disso morra com o tempo, ou na partida do tutor histórico de São José dos Bezerros.

Máximo Neto é Comunicador

Último artigo:CARTEL SIM

Entre em contato com Máximo Neto via facebook

Share

One comment

Comments are closed.