CONVENIÊNCIAS

Toda administração pública, seja ela em qual for a esfera, municipal, estadual ou federal, é feita de pessoas, muitas delas concursadas ou apadrinhadas por alguém, na sua grande maioria, e a cada dia que passa, o aumento de pessoal é enorme, inchando a máquina e onerando os cofres públicos em nome da governabilidade, onde esse argumento é levado adiante por todo aquele que almeja benefícios políticos, é mais comum do que se imagina, vermos filhos, amigos, parentes ou aderentes de alguns nomes da política ocupando cargos sem a menor experiência ou até mesmo assiduidade, acuidade e comprometimento com a função exercida, estão lá apenas por conveniência, de ter apoiado partido A ou B, e se preocupar apenas com seu próprio umbigo, no período eleitoral o que mais se ver são pseudos cabos eleitorais e líderes comunitários pleiteando vantagens para apoio a certos indivíduos que se colocam como salvadores da pátria, já que as peças podem até mudar, mais o jogo e as atitudes continuam as mesmas, a prática da “farinha pouca, meu pirão primeiro” nunca foi tão atual, pessoas que defendem práticas e discursos momentâneos, bastando o convite para o banquete do poder, para que estes se engajem de corpo e alma a projetos completamente opostos aos que eram fortemente combatidos, gente que de uma hora pra outra se desconhece nas próprias atitudes, pouco se lixando para o que falou ou defendeu, e muito menos para o povo, descendo pelo ralo de valas comuns o seu pseudo desejo de mudança, mancomunados com elementos que degradam o país, passam a dialogar e agir de forma oposta ao indagado, questionados, muitos defendem a sobrevivência politico partidária, mesmo assim, repugnam aqueles que têm opinião própria e defendem suas causas e bandeiras, chegando ao ridículo papel de xeleleu para garantir espaço em algum palanque que possa alavancar aos seus, feroz e vorazes com quem os questiona, por suas mudanças, partem para o ataque, denegrindo e escorraçando as verdadeiras pessoas públicas, que poderiam fazer algo diferente, e o povo? ah o povo que se dane…

Máximo Neto é comunicador

Último artigo: Por que tenho que apoiar Lula?

Entre em contato com Máximo Neto via facebook

Share

One comment

Comments are closed.