DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

LIVRE NO TRE

A vitória que o vereador Toinho do Boi Gordo (PSC) obteve no TRE foi esmagadora. Ele obteve a unanimidade do pleno do tribunal contra a decisão da Justiça Eleitoral de Bezerros, que cassou o seu mandato após uma ampla investigação sobre compra de votos nas eleições de 2016. A decisão do tribunal põe em xeque as provas apresentadas na peça, com testemunhos e imagens de câmeras de monitoramento. Muitos internautas lamentaram a decisão, mas teve quem comemorasse por acreditar que alguns dos eleitos também procederam da mesma forma e apenas puni-lo seria injusto. A decisão do TRE cabe recurso ao TSE, mas isso dependerá do MPPE.

SISTEMA FRÁGIL

A notícia de que Bezerros passou a receber a água do rio Sirinhaém animou os bezerrenses que estão sem água nas torneiras desde o mês de janeiro. Já se passaram 15 dias da feliz notícia e o primeiro bairro a receber a água ainda não foi abastecido. O problema se deve a frequente paralisação do sistema Sirinhaém/Brejão por conta de problemas na bomba e reparos na adutora. O prazo de teste para operar o novo sistema já extrapola o tempo ideal e deixa a população ainda mais contrariada com a morosidade, embora a Compesa tenha antecipando a obra em dois meses.

PREVISIBILIDADE

Perguntar não ofende: se há na elevatória do Serinhaém a possibilidade da instalação de duas bombas, como observamos in loco, porque apenas uma foi instalada. No caso de um problema, como aconteceu em duas oportunidades, a bomba reserva entraria em operação e o sistema de abastecimento não teria sido paralisado por tanto tempo.

IRONIA

“A Compesa utilizou um conjunto de motobombas do próprio almoxarifado”, diz a nota da Compesa ao anunciar o início da operação da transposição para Bezerros. Talvez, por isso, que o advogado Edgar Lino, responsável pela fundação de várias entidades em Bezerros, tenha sugerido que o governo de São Paulo emprestasse uma de suas bombas para resolver o problema de capitação d’água no rio Serinhaém.

POLÍTICA OU FÉ

A viagem anual que o ex-prefeito Maru fez a Juazeiro/CE causou burburinho político em Bezerros. O fato é que o ex-prefeito levou uma comitiva de lideranças políticas para a viajem de três dias. Entre os convidados, o prefeito Branquinho, o empresário Dael (esposo da ex-prefeita)  e até o advogado Paulo Alves, que não foi por uma questão de agenda. Dizem os mais audaciosos que o assunto não ficou apenas na história de Padre Cícero e que questões políticas locais também foram temas das conversas.

CURTAS

>>>Nenhuma liderança política comentou o fato da absolvição do vereador Toinho do Boi Gordo sob a acusação de compra de votos. Pela repercussão que teve, o fato mereceria posicionamentos das lideranças políticas locais. Total silêncio!

>>>Seria muito positivo para o turismo local a realização do evento Paixão Pela Serra 2017. O município ficou de avaliar a questão, porque, segundo Vando Dias – Secretário de Turismo-, há restos a pagar do carnaval.

>>>O bezerroshoje está mais moderno objetivando uma melhor acessibilidade para quem  acessa pelo computador e celular. Hoje, mais de 60% das visitas partem dos telefones móveis. A mudança contempla uma melhor visualização dos destaques da nossa página.

>>>A pesquisa Uninassau, que mostrou uma péssima avaliação do governador Paulo Câmara, apenas coloca no papel o sentimento da população sobre o governo de Pernambuco. A insatisfação aos temas de segurança pública, abastecimento d’água e saúde está nas alturas junto a opinião pública. Paulo ainda quer a reeleição e só conta com 6% de intenções de votos.